Swing: o que acham?

Depois de ficar bastante tempo pensando sobre o que escrever neste post de sexxxta, me veio uma ideia fulminante, mas que também precisou de algumas horas de reflexão e pensamento. Escrever sobre a prática de swing (afinal, são nos finais de semana que as coisas realmente esquentam).

Para quem não sabe (o que acho bem difícil) o swing é a prática que consiste em realizar sexo entre casais. Dois homens, duas mulheres, tudo liberado, simples assim. Dito isso, a prática pode se desdobrar em:

MFFM: swing entre mulheres bissexuais e homens heterossexuais
MFMF: swing entre mulheres e homens heterossexuais
FMMF: swing entre mulheres heterossexuais e homens bissexuais
MMFF: swing entre mulheres e homens bissexuais

Obs: Por mais que swing tradicional envolva a troca de casais, já existem correntes que aceitam no swing a figura do single. É aquela figura sozinha que o casal adiciona na relação sexual.

Porém, por mais que existe, a modalidade do homem ser bissexual não é algo tão difundido. Mesmo em um meio tão liberal, ainda existe muito preconceito. O homem não pode perder a virilidade nunca, mesmo sendo em uma casa de swing e mesmo tendo muita curiosidade de saber como é transar com outro cara. Acharem que ele é gay, então, nem pensar! Homens, não sejam tão preconceituosos. Experimentem um fio terra, nem precisa ser com sua parceira, pode ser só você, sozinho, na calada da noite. Isso não vai te fazer menos homem!

Mas, voltando a prática do swing. Por mais que seja um ambiente liberal, não quer dizer que não exista regras. Já frequentei muitas festas e casas de swing e o que posso dizer é que a palavra de ordem é respeito. Você não é obrigado a fazer nada que não queira. Tanto que dentro da casa existem diferentes tipos de casais:

Os voyeurs: os casais que vão só para assistir. Ficam lá, vendo de tudo e depois vão para o quartinho privativo colocar o que viram em prática.
Os swingueiros: os casais que vão para a casa com o intuito de praticar o swing e o fazem.
A galera do ménage: tem homem que morre de curiosidade de ver a mulher sendo penetrada por outro cara e só ficar vendo, ou participar de fato ou de trazer outra mulher para a transa, mas só um pau na festa.
Os exibicionistas: são destes que os voyeurs gostam. Transam no meio da galera para todos assistirem (e, quem sabe, conseguem participar da transa e virar um exibicionista).

Agora, uma dúvida que sempre rola: como é uma casa de swing?

Bem, todas as que eu frequentei eram bem parecidas. Elas normalmente são divididas em duas partes, a boate e o “espaço íntimo”, onde a festa realmente ocorre.

A boate: não tem quase nada de diferente de uma boate normal. Música, bebida, comida e pessoas se olhando. O intuito é quebrar o gelo, para os casais irem se conhecendo e vendo quem é quem. Algumas casas de swing incluem coisas à mais na parte da boate. Para fazer o pessoal entrar no clima, algumas contam com espaço para striptease, onde as mulheres mais safadinhas podem começar a brincadeira de provocar e se exibir. Ou, casais também podem fazer uma performance de striptease juntos…
Algumas casas mais modernas também incluem chuveiros, para performances com água.
Espaço íntimo: varia de casa para casa. Mas o essencial é ter camão e darkroom. Também é possível encontrar:

=> camão ou tatame: cama enorme na qual vários casais praticam sexo simultaneamente. Ao seu redor, é comum a presença de vários casais assistindo e estimulando os demais participantes
=> darkroom: ambientes sem iluminação, completamente escuro, com poltronas ou sofás nos quais os casais trocam carícias ou mesmo relacionam-se sexualmente. O estímulo desejado é mais auditivo que visual, e permite grande privacidade aquário: quartos com paredes de vidro nos quais os casais se relacionam a portas fechadas enquanto do lado de fora outros assistem
=> confessionário: salas com camas ou poltronas individuais, separadas do ambiente externo por treliça. Permitem a quem está de fora assistir a relação sexual
=> labirinto: sala com pouca iluminação, estruturada na forma de labirinto, cujo objetivo é encontrar a saída. No trajeto, os casais trocam carícias e encontram pequenas surpresas, como confessionários, espalhados pelo ambiente.
=> cadeira erótica: cadeira especialmente projetada para facilitar grande número de posições sexuais (descrições retiradas daqui)

Ficou com vontade de ir e conhecer, mas é solteiro? Bem, para quem é do Rio, existe uma casa de festas, a Clube Mix, que realiza em quase todos dias da semana festas temáticas liberais – tanto para casais quanto para solteiros. É um lugar bem interessante para quem quer conhecer e ver como é o clima de festas mais liberais, além de ser uma das únicas que eu conheço que aceita solteiros.
Para quem quer ter uma clássica experiência nesta matéria, o lugar que eu mais recomendo é o 2A2. É um dos clubes de swing mais tradicionais do Rio, e, o melhor, na quinta é permitido a entrada de solteiros.

Se você não quer chegar sozinho, uma dica e algo que eu vejo acontecer sempre. Muitos homens contratam garotas de programa para irem com eles. Assim você não entra sozinho e é mais fácil de conseguir um casal para fazer swing (solteiro você precisa ter paciência para encontrar quem queira fazer um ménage).

E por último, para quem ainda não tem coragem de ir para uma casa assim, sempre existe a alternativa de começar tudo pela internet. Para mim, o melhor site sobre swing é o Swing Online. Se não é o maior, é um dos maiores portais sobre o tema do Brasil. Claro, existem outros muitos sites que tratam sobre isso e que podem originar encontros sensacionais…com um pouco de paciência e uma pequena busca online, não é nem um pouco difícil de achar.

O que mais posso dizer é: se você namora alguém liberal ou está solteiro, não deixe de ir em uma casa destas. É uma experiência bem interessante, única e vicia muito rs. Aproveite que hoje é sexta e tem muitos outros casais querendo uma experiência assim…

Beijinhos e excelente sexxxta para todos!

Powered by WPeMatico

Te conto um conto: Troca troca de irmãs

Taradinhos e taradinhas,

Mais uma SEXXXta-feira chegou e com ela toda a alegria do fim de semana!
E como vocês sabem, hoje também é dia de conto erótico!

 

Que delícia! O conto de hoje tá um tesão. Duas irmãs muito safadinhas propuseram um troca-troca com os respectivos namorados, e transaram todos juntos no mesmo quarto!
Ufa… Já to até sentindo um calorzinho.

Vai, dá uma lida e me diz o que achou ;)

———————————————————————————————————————————————————–

Troca troca de irmas

Olá leitores, meu nome é Julia (vou usar nomes fictícios nessa história), sou do interior de São Paulo. Namoro com o Guilherme, curtimos muito a vida, muito ativos sexualmente, deu uma oportunidade, transamos. Como ia dizendo, tenho 23 anos, 1,62m de altura, peso quase 54kg, tenho olhos claros e cabelos ruivos, não naturais…rsss… o Gui, tem 26 anos, 1,80m, pesa 81kg, olhos e cabelos castanhos. Resolvemos passar um final de semana no litoral e chamamos minha irmã Bianca e o namorado dela, o Lucas. A Bianca, mais nova do que eu, tem 19 anos e é mais baixa do que eu, mais magrinha, mas também tem olhos azuis e é loirinha. O Lucas mais magro do que o Gui, olhos escuros também, bonitinho até.
Fomos pro litoral, ficamos num apartamento no centro, ótimo lugar e tudo mais, os rapazes foram comprar umas bebidas pra gente e algo pra beliscar e nós duas ficamos no ap pra ajeitar tudo, colocamos uma roupa mais a vontade, eu de vestidinho de saída de praia e ela com uma sainha soltinha e uma blusinha, eles chegaram e foram tomar um banho, quando saíram eu a Bih estávamos jogando baralho, nada demais, apenas uma rodada de buraco, o Gui como sempre, só usando uma bermuda, e o Lucas usando uma bermuda e uma camiseta regata. As vezes eu dava uma reparada no Lucas, até que ele é bonitinho, se fosse solteira eu com certeza daria uma chance pra ele, e sempre notei que minha irmã da umas secadas grandes no Gui e ele nela, e quando ele veio só de bermuda eu notei a secada que ela deu nele, de cima em baixo, como eu já tinha tomado uma dose de tequila nem liguei, até porque eu também dei uma boa olhada no Lucas, estava gostosinho, eu tava pegando fogo, cheia de fogo… fazia 4 dias que não via nada, tava subindo pelas paredes de tesão, e ver os dois com a bermuda soltinha, o Gui sem camisa, nossa, me deixou com a mente cheia de besteira. Já tinha notado que o Gui da uma reparada a na Bih as vezes, principalmente quando ela coloca umas roupinhas tipo pijaminha soltinho, pra provocar mesmo, safadinha ela, de bobinha só a carinha.
O Gui deu a ideia de jogarmos baralho, em duplas, a dupla que perdesse teria q beber uma dose de vodka ou tequila. Sorteamos as duplas, a maior carta iria jogar com a menor, caiu eu e a Bih contra os dois. Soltamos as cartas ne mesa, e fomos jogando, os dois ganharam a primeira e ai eu a Bih fomos de vodka pra dentro. Fomos alternando em vitórias e derrotas, até acabar a bebida.
Os 4 estávamos bem altinhos, mas como tinha acabado a bebida, mas queríamos continuar o jogo, e eu a Bih parece que cruzamos pensamentos, propusemos juntas que perdesse pagava um desafio dado pela outra dupla. Continuamos meninas contra meninos…rsss
Na primeira rodada quem ganhou fomos nos e eu desafiei os dois a ficarem só de sunga.
– Os dois ai, usando só uma sunga!
– Sunga? Isso não é desafio, eu quero os dois de cueca!!!… atravessou a Bih sem pensar.
– De cueca é sacanagem. Falou o Lucas
– Relaxa, é como se fosse uma sunga…rsss… falei pra eles
O Gui tirou primeiro, era uma cueca preta, boxer, adoro ele assim. O Lucas baixou e também ficou de cueca, meio tímido, mas ficou, cueca branquinha, normal, sem ser boxer.
Deu pra notar o volume na cueca deles, o pau do Gui eu já conheço de velha, mas do Lucas, nunca tinha visto, pelo menos por baixo da cueca parecia ser interessante.
Na segunda rodada a gente ganhou de novo. Deixei a Bih no comando pra pedir o que ela quisesse.
– Eu quero que o Lucas fique de pé e de uma encoxada em mim por trás e você faz o mesmo com a Julia. Beleza?
Na mesma hora vieram os 2 e chegaram junto, o Gui veio por trás de mim e deu uma pegada gostosa na minha cintura e deu uma mordida na minha nuca, enquanto eu olhava pro lado e via a Bih só rebolando e esfregando no pau do Lucas. A brincadeira estava esquentando.
– Eu quero transar junto com os dois, no mesmo quarto. Sussurrei no ouvido do Gui.
Quando falei isso, na hora senti o pau dele aumentando esfregando na minha bundinha empinada.
Na terceira rodada eles ganharam e ai o Gui tomou a frente.
– Já que nós estamos de cueca, vamos igualar, quero as duas de calcinha e sutiã!!! Agora!
– Calma ai Guilherme, não quero que a Bih fique na sua frente de calcinha e sutiã. Falou o Lucas meio que com medo da situação….rsss
– Poxa morzinho, a Jú ta vendo você de cueca, e por sinal, viu o tamanho do seu brinquedo ai, deixa eu brincar também, to toda cheia de vontade. Disse a Bih, já levantando a blusinha dela. Logo em seguida tirou a sainha dela, ficou de sutiã, um branco normal e a calcinha pretinha, de algodão, bem cavadinha na bundinha dela.
Na minha vez levantei o vestidinho e tirei, só que estava sem sutiã, então fiquei com os seios a mostra.
– Ta vendo Lucas, saiu ganhando, ta vendo a Jú de peitos de fora. Gostosa não!? Falou o Gui.
– É, não tem como negar. Respondeu ele ajeitando o pau dentro da cueca.
Ficou de pau durinho me vendo só de calcinha. Uma calcinha branca, com detalhes de renda e totalmente enfiadinha na bunda, quase transaparente. Dava pra ver que eu estava com tesão e molhadinha. Ficou uma marca de babinha na calcinha, por ser branca.
Estava ficando cada vez mais animado o jogo, e esquentando tudo, os dois de pau duro, eu e a Bih louquinhas pra deixar eles peladinhos e também pra provocar muito os dois. Na mão seguinte quem ganhou foram os 2 de novo.
De novo o Gui tomou a frente e eu sabia que vinha sacanagem por parte dele.
– Pra começar eu quero que a Bih também tire o sutiã pra ficar igual a Jú, e pra compensar a raivinha e a preocupação do Lucas, se a Bih permitir, quero que a Jú faça algo que me deixe com muito ciúmes.
– Por mim esta liberado tudo, to aqui pra me divertir. Já respondeu de bate pronto a Bih.
Ela tirou o sutiã e ficou com os peitinhos dela de fora, pequenos, mas redondinhos e com bicos rosinha, assim como os meus, só que eu tenho silicone, então é grande.
Seguindo o desafio, mandei o Lucas ficar de pé e cheguei por trás dele arranhando o peitoral dele, e passando a língua e dando umas mordidinhas nas costas dele, só fui olhando pra cara do Gui e da Bih, os dois olhando e adorando o que estavam vendo, desci a mão pra cima da cueca dele.
– Pode? Perguntei.
– Faz o que você quiser linda, você pode fazer o que você quiser. Respondeu o Gui.
– Aproveita ai morzinho, aproveita. Disse a Bih.
Coloquei a mão por dentro da cueca e segurei o pau dele, que pau quente, grande, todo raspado, uma delicia, apenas dei uma alisada com as mãos e fiquei dando umas lambidas no pescoço dele, encostando meus peitos nas costas dele. Deixei ele com o pau babando de tesão. Não vou mentir que minha bucetinha ficou mais melada ainda. O Gui só ajeitava o pau dele duro na cueca, e a Bih, só olhando e mordendo os lábios de tesão.
Quando voltamos ao jogo, eu e a Bih ganhamos a mão e foi a nossa vez. Perguntei pra ela se tinha algo que ela gostaria que fosse feito.
– Então Bih, você manda!!! Falou o Lucas, liberando, depois do que eu fiz com pau dele…rsss
– Então quero ver os meninos peladinhos e sentir o que tem debaixo daquela cueca que faz você gemer em casa Jú.
– Vem cá e tira você mesma Bih. Pediu o Gui
Na mesma hora ela foi, ajoelhou na frente do Gui, baixou a cueca dele e viu o pau dele pela primeira vez. O pau dele estava muito duro, fica muito cabeçudo o pau dele. Ela segurou o pau com a mão dela, e ficou admirando o pau dele, deu uma vontade de cair de boca naquele pau grande e grosso.
Então o Gui ficou pelado e o Lucas de cueca e eu e a Bih de calcinha.
Quando os dois ganharam a próxima rodada o Lucas nem esperou e sugeriu.
– Vai lá Guilherme, faz o que você quiser com a Bih, e a Jú vem aqui continuar o que ela estava fazendo.
Aquilo foi o sinal verde pra esquentar de vez, o Gui, foi pra cima da Bih, deu um beijo na boca dela e ela só alisando o pau dele, ajoelhei na frente do Lucas tirei o pau dele pra fora, e cai de boca, lambi todo o pau dele, colocava inteirinho na boca, babava em cima das bolas dele, chamei ele pro quarto deitei ele na cama e subi com a bucetinha na boca dele, fazendo um 69 delicioso. Ele me chupava muito gostoso. A Bih chegou o Gui no quarto deitou de pernas abertas pro Gui e ele caiu de boca na bucetinha dela, ela é toda raspadinha, eu deixo uns pelinhos por cima, bem ralinhos, mas por baixo toda lisinha. Chupando o pau do Lucas e vendo o Gui realizar a vontade de comer a cunhadinha, me deixou cheio de tesão.
– Ahnnn Lucas… me chupa, assim… não para… Gemendo na boca dele e punhetando aquele pau gostoso.
– Vem Bih, chupa meu pau vem… pediu o Gui pra Bih.
Sai de cima do Lucas, fiquei de 4 pra ele e pedi pra ele.
– Come minha bucetinha vai Lucas… vem me foder…
Ele enfio o pau dele na minha xoxotinha quente, nossa, que pau gostoso.
– Safada, fode esse pau… gostosa… hummm…fala o Lucas.
O Gui ficou deitado na cama e Bih veio por cima dele e ficou cavalgando no pau dele, sentava gostoso e gemia. Não sabia que minha irmã metia tanto, mais safada do que eu.
– Me fode Gui, me fode caralho… ahnnnnnnnnnnnnnn…. Ela gritava de tesão em cima dele.
Com o Lucas me fudendo por trás e vendo o Gui arregaçando a Bih não aguentei, gozei no pau dele, escorria pelo pau dele. A Bih ficava esfregando o grelinho dela com o Gui fodendo ela, saiu do pau dele e gozou na barriga dele, caiu todo aquela baba da buceta dela.
Eu gozei e fiquei toda molinha, mas o Lucas ainda estava de pau muito duro, abri a perna pra ele e queria mais pau na minha bucetinha, deitou eu e a Bih uma do ladinho da outra e os dois vieram pra enfiar na gente.
– Ah que buceta linda, vo te fuder Jú, quero gozar na sua boca safada. Falou o Lucas
– Vem Gui, come minha bundinha, quero no cuzinho. Pediu a Bih.
O Lucas enfiava o pau na minha xoxota e o Gui abriu bem as pernas da Bih e forçou a cabecinha no cuzinho dela e ficou metendo.
– Aaaannnn….fode… aiii caralho… come meu cuuuu Gui…ahnnnnnnnnnnnnn….
– Ai gostosaaaa… vou gozar Jú, vou gozarrr… aaaahhhhhhhhhhhhhh.. disse o Lucas
Peguei o pau dele com a mão e bati uma pra ele e ele gozou na minha cara, muita porra saiu do pau dele, encheu minha cara de porra.
O Gui vendo a cena acelerou no cuzinho dela, arregaçou a Bih mesmo.
– Vem Gui, goza pra mim…annnn…fodeee caralho….vo gozar de nvvv… Disse ela, esfregando o grelinho dela. Espirrou em cima do Gui de novo.
– Ahhh Bih… vou gozarrr… vem vagabundinha…vem… chupa meu pau… vo gozar na sua boca…
Ela ajoelhou e ele segurou o pau e despejou toda porra na boca dela, tinha muita porra também.
Depois nós 4 caímos cansados na cama, todos moles. Cansados. Acho que nunca tinha gozado assim num pau gostoso. E ver o Gui metendo na Bih também foi muito bom.
Só sei que depois fui tomar banho junto com o Lucas e a Bih no outro banheiro. Gozei de novo no pau dele no banheiro. Fomos os 4 dormir juntos. Eu, o Gui a Bih e o Lucas.
Desde desse dia as vezes saímos com os 2, sempre trocamos. Estou pensando em fazer uma dp com eles, mas o pau deles é grande…. rsss… quem sabe um dia.
Espero que gostem da história!

———————————————————————————————————————————————————–

Nooossa, to toda melada gente!
Essas irmãs são mesmo muito taradinhas e os namorados também não perdem tempo!

Bom, um ótimo fim de semana pra vocês e lembrem-se usem camisinha!

Beijos minhas delícias

Powered by WPeMatico