atriz-libanesa-1

MIA KHALIFA, A ATRIZ PORNÔ QUE DESBANCOU LISA ANN E DIVIDIU O LÍBANO

Menos de um mês após o anúncio de sua aposentadoria, Lisa Ann já foi ultrapassada do posto de atriz pornô mais popular do mundo. De acordo com o ranking do Pornhub, Lisa foi destronada por Mia Khalifa, uma libanesa de 21anos que vem causando grandes polêmicas pela internet.

atriz libanesa 1

Enquanto Lisa tem 42 anos e 385 vídeos do site relacionados a ela, Mia iniciou sua carreira há poucos meses. O que fez a libanesa atingir popularidade tão rápido? As milhares de tretas que ela arrumou quando decidiu ser atriz pornô e contrariar a maioria religiosa de sua terra natal. O Líbano não é um país com tradição na indústria sexual ou pornográfica, muito devido ao conservadorismo de grande parte da população. Mas morando em Miami e com contrato com a BangBros.(produtora pornô), Mia tem a liberdade de seguir a carreira de atriz e passa boa parte do tempo rebatendo as críticas e ameaças que chegam pelo Twitter. libanesa

O ódio que parte do Oriente Médio sente por Mia não é apenas por ela seguir a carreira pornográfica. Para os muçulmanos, a atriz passou dos limites quando fez uma cena vestindo um hijab, o véu usado pelas mulheres na cultura islâmica. Mia não segue o Islamismo — e isso ela mostra em suas tatuagens. Ela tem em sua pele o logo das Forças Libanesas, um dos principais partidos cristãos do país, que surgiu de um grupo na guerra civil iraniana. “Eu nasci e fui criada lá. Eu tenho o direito de ter uma opinião política como qualquer outro”, ela diz ao ser questionada sobre o assunto.

(Crédito: Reprodução)

Com o debate em aberto, a pornstar tem sido assunto de diversos jornais locais que questionam a profissão da jovem. Enquanto isso, ela posta umas fotos bem mais interessantes nas redes sociais. Para acompanhar Mia Khalifa rebatendo os paladinos da internet, siga-a no Twitter e noInstagram.

 Por: Revista VIP

9572.30136-Pornografia-online

PESSOAS SE CASAM MENOS PORQUE HÁ PORNÔ DE GRAÇA NA INTERNET, DIZ ESTUDO

O aumento da pornografia gratuita é responsável pela diminuição do número de casamentos, de acordo com pesquisadores do Instituto Alemão para o Estudo do Trabalho.

Os cientistas estudaram as tendências nos números de casamentos e na proliferação de filmes pornô e concluíram que o aumento da disponibilidade e o custo reduzido da pornografia na internet tiveram um efeito “casual”, fazendo com que as pessoas optassem por não subir ao altar.

“Tradicionalmente, uma das razões para se casar é satisfação sexual. Mas conforme as opções de satisfação sexual fora do casamento cresceram, a necessidade de se casar para atender a essa necessidade está diminuindo”, concluíram os pesquisadores, que perceberam uma rápida ascensão da pornografia na internet no mesmo período em que o casamento perdeu popularidade.

A internet não apenas barateou a pornografia, como o custo social de consumi-la, defende ainda o estudo. Isso porque as pessoas teriam menos chances de serem “estigmatizadas” por acessar um website, com privacidade, do que comprando revistas em uma loja.

9572.30136-Pornografia-online

A pesquisa também descobriu que consumidores de pornografia, em geral, frequentam menos a igreja e têm mais chances de trair o parceiro, ou de pagar por sexo. Um estudo anterior também havia identificado que o aumento na pornografia pode ser associado com o declínio nas ocorrências de estupro.

Por: Testosterona

Mais de 70% das mulheres são apaixonadas por futebol – diz pesquisa.

Sim, elas gostam de futebol. Claro que entendem. Sabem a escalação do time, sim. Do delas, do meu, do seu. A mulherada representa 33% dos super fãs de futebol e 72% elegeu o esporte como primeira paixão, segundo o Ibope – derrubamos o clichê machista de que futebol não é para mulheres.

FAN

“Futebol é coisa de homem”

Homens são mesmo loucos por futebol. E quem diz isso são os números: 82% dos brasileiros citaram o esporte como a primeira paixão, em pesquisa feita pelo Ibope em 2013. Nenhuma surpresa, certo? Mas os números também revelam uma realidade que talvez você não conhecia: 72% das mulheres também elegeram o futebol como primeira paixão. Pois bem. Elas estão cada vez mais se interessando ou assumindo gosto por esportes em geral: 47% dos fãs de MMA são mulheres, também segundo o Ibope.

Mulher não entende nada de futebol”

É uma frase famosíssima, culturalmente propagada por pais, mães, avós, homens e mulheres machistas. A própria produção cultural do país costuma considerar as mulheres como parte desse meio com papeis de torcedoras, mães, namoradas, e raramente como jogadoras.

Os esteriótipos são conhecidos, como a masculinização das mulheres que entendem de futebol e a ideia de que mulheres bonitas não entendem nada ou não podem ser levadas a sério. O que é uma grande besteira, visto que podemos citar inúmeros nomes conhecidos de mulheres ligadas ao esporte que representam muito bem os dois times. As jornalistas e apresentadoras Renata Fan (que foi modelo e Miss), Glenda Kozlowski (em programas de esporte há 22 anos), Michelle Giannella (do Mesa Redonda, na TV Gazeta, o mais antigo programa do gênero), Gabriela Pasqualin (da RedeTV!), entre muitas outras.

Maria Clara Ciasca é a única mulher na redação do GloboEsporte.com. A redação tem cerca de 20 homens, mas ela não sofre preconceito por ser mulher: “No meu caso, é super tranquilo. Desde o primeiro dia, o pessoal me trata com muito respeito e eu nunca me senti mal com nenhum tipo de brincadeira. Pelo contrário, eu entro na deles e brinco também”, conta.

Camila Mattoso, repórter da ESPN, conta que a redação tem apenas quatro mulheres. E além de escrever, Camila também joga futebol: “Comecei quando era criancinha, ficava jogando no meu prédio sempre só com meninos, porque não tinha mais ninguém para me acompanhar. Tentei ajudar as meninas a jogarem bola também, mas não deu muito certo”, brinca.

O pior, para Camila, não são as brincadeiras, mas sim as situações constrangedoras com entrevistados: “Já aconteceu e ainda acontece de eu ligar para o cara e ele chamar para sair, para jantar; já tive que dizer que tenho marido e filhos; explicar que eu não queria nada além de notícias. É complicado”, revela

.futmulher

Lugar de mulher é na cozinha”

É outra frase clássica. E Maria Clara conta que já ouviu uma dessa: “Comigo, só aconteceu uma vez de um torcedor na arquibancada gritar para mim que lugar de mulher é atrás do fogão e não no estádio. Eu dei risada”. É verdade que muitas mulheres evitam frequentar os estádios por ainda considerarem um lugar perigoso – o que também não deixa de ser verdade, em partes.

Certa vez li um texto da jornalista Fernanda Zaffari falando da relação entre mulheres e futebol, com humor, e tomei a liberdade de citar um trecho aqui: “Estádio de futebol ainda não é teatro ou cinema e é preciso se adaptar a certas especificidades. Afinal, eles chegaram primeiro.

Sexo pode deixar 7 anos mais jovem

Sexo rejuvenesce de cinco a sete anos.Palavra do psicólogo David Week, do Hospital Royal Edinburgh. Por dez anos ele perguntou aos seus pacientes de todas as idades sobre a vida sexual. Quem parecia mais jovem, geralmente, fazia até 50% mais sexo do que os outros – entre o pessoal de 40 a 50 anos, os mais ‘jovens’ transavam, em média, 3 vezes por semana.

sexo-anal-revista-nova

É que o sexo desencadeia uma porção de coisas boas no corpo: libera endorfina, substância química que te dá sensação de prazer, e ainda age como um remédio natural contra a dor, diminuindo a ansiedade e facilitando o sono; melhora a circulação sanguínea; pode aumentar a produção de hormônio do crescimento, o que aumenta a elasticidade da pele. “A qualidade do sexo nos adultos mais velhos é um sinal de boa saúde e bem-estar. Além disso, um estudo de 1997 mostrou que o risco de mortalidade diminui 50% nos grupos de homens com alta frequência de orgasmos (no mínimo duas vezes por semana) do que o outro grupo”, explica Week.

Fonte: Super Interessante

Maravilhosamente Lola…

Vinte dois anos, formada em Letras pela Universidade Federal de São Carlos, redatora de blog, escritora, prostituta. Isso mesmo, prostituta! E qual o problema? Autora de “O prazer é todo nosso”, como já contamos aqui em outra ocasião, Lola Benvenutti relata em seu livro suas vivências como prostituta. Mas, dessa vamos falar menos e mostrar um pouco mais da prostituta mais cult (e desejada) do Brasil no momento. Chega de conversa, vamos apreciar mais um pouco essa maravilha que se chama “Lola”.

lola1 lola22 lolla 3 lola 334   lola4 Estou errado em ser apaixonado por Lola? Comente! Por: Dom Ricardon

Os maiores mitos sobre sexo em que você precisa parar de acreditar

Todo mundo deve lembrar daqueles boatos sobre o sexo que são contados na época do colégio e, com o tempo, assimilados como se fossem verdade absoluta pelo nosso subconsciente. A boa notícia é que o “Institute For The Study of Neurologic Deseases” (ISUD), nos EUA, desmentiu a maioria dos mitos sexuais. Pode respirar com alívio: o tamanho do pênis não importa, masturbação é normal e não é sinal de falta de amor e pornografia pode ser uma experiência positiva.

“O tamanho do pênis é o que determina o prazer da mulher”

Muita gente difundiu o mito de que o tamanho o órgão genital do homem é responsável pelo prazer. Mas o ISUD explica que apenas 1% das mulheres classificam o tamanho do pênis como “muito importante” na hora do sexo, ou seja, uma parcela muito pequena.

Outros resultados também apontam que 32% do público feminino prefere grossura a comprimento. Não precisa ser bem dotado como o Jared Leto.

“A masturbação diminui depois que você começa um relacionamento”

O Divando já falou que a masturbação é algo natural e sem restrição de idade. E essa constatação também é feita pela “Social Organization Of Sexuality”, da Universidade de Chicago, que falou com pessoas que estavam namorando e descobriu que 85% dos homens e 45% das mulheres se masturbam com frequência.

Os números podem mudar, já que enquanto os homens se masturbam mais durante a juventude, as mulheres tendem a se masturbar mais depois dos 30 anos. Ou seja, é natural e todo mundo faz, aceita que dói menos.

“A escolha do parceiro se baseia na performance sexual”

Uma série de estudos feita pelo “Journal of Personality and Social Psychology” em 37 países mostra que as mulheres escolhem um parceiro que tenha condições de criar uma criança ou formar uma família (dentro desse meio estão aspectos financeiros, ambição e criatividade). Já os homens procuram uma parceira que simbolize fertilidade (e juventude). Quem diria que a escolha de um parceiro para a vida se basearia em… Capacidade de ter e criar crianças.

É claro que estamos cientes que existam casais que não querem ter filhos, o mundo está cheio de exceções às regras. Mas esse foi o resultado do estudo.

“Homens devem estar sempre prontos para fazer sexo”

Assim como as mulheres, às vezes os homens não sentem vontade de fazer sexo. Os motivos podem ser variados, como simplesmente não ter vontade em algum momento, cansaço ou até o desejo de construir mais intimidade antes da transa.

Fun Fact: O “Journal Of Sex Research” descobriu que homens que acreditam que ~devem~ sempre estar prontos para o sexo geralmente apresentam problemas, como disfunção erétil, por exemplo. Agora muita coisa faz sentido!! Rsrsrs

“A pornografia pode prejudicar o relacionamento”

Como diria Inês Brasil, isso é “uma pornô”! Assim como ela, o ISUD afirma que o uso ocasional de material pornográfico não prejudica nenhum relacionamento. Pelo contrário, pode até ajudar.

Um estudo feito com 8.376 pessoas mostra que o uso em pouca e média quantidade de pornografia pode ser positivo para a vida amorosa, aumentando a frequência e qualidade do sexo, assim como o nível de intimidade do casal

Agora, na próxima vez que alguém falar algum mito sobre relações sexuais você pode contestar e contribuir para o mundo seja mais livre e ~tenha muitos sexos~.

 

Por: Divando Pop

“Sexy sem ser vulgar”

Desvincular a nudez do pecado e do pornográfico. Esse é o objetivo de uma série de retratos feita por uma fotógrafa de Campinas (SP). O projeto de Andrea de Lima, de 26 anos, pretende libertar o corpo nu do tabu de proibido que ele carrega na sociedade contemporânea. Para despir suas imagens desse ‘fardo’, a artista escolheu mostrar pessoas comuns peladas, em atitudes corriqueiras do próprio cotidiano.

“Todo mundo nasce pelado e esta é uma afirmação impassível de ser contradita. Contudo, mal nascemos e já nos enfiam uma touca na cabeça, nos enrolam num pano e nos cobrem as vergonhas. Afinal, pra que tanta vergonha?”. Esse é o questionamento que serve de ponto de partida para a obra de Andrea e é com ele que a artista embasa as fotos que faz desde que começou a trabalhar com esse gênero.

Ela, que também faz fotografias de eventos, conta que o interesse em trabalhar com o nu surgiu depois de uma experiência como modelo. “Eu posei nua para dois fotógrafos e gostei muito. Achei uma experiência libertadora”, ressalta.

Veja algumas imagens:

nu-cotidiano2 nu-cotidiano3 nu-cotidiano4 nu-cotidiano5nu-cotidiano1

Mais imagens : http://nucotidiano.tumblr.com/

Fonte: Testosterona

Você no Blog Sexy Hot – A esposa infiel e o amigo chantagista 5ª parte

Se você perdeu ou ainda não viu e quer acompanhar, só clicar para ler a parte 1, parte 2 , parte 3 e parte 4 dessa história fantástica!

 

Dias depois, Jussara encontrou com Vicente lhe avisando que Alberto daria uma festa para algumas pessoas na casa dele e disse que a levaria.

– Será uma festa bem íntima, com poucas pessoas, ou seja, alguns casais e amigos de Alberto. E disse que irei com você! – Disse Vicente.

– Não acha que isso está indo longe demais? – Perguntou Jussara.

– Está apenas começando! – Falou ele.

Os dois combinaram de se encontrar em outro bairro e lá pegariam um táxi.

Assim fizeram.

Mas uma vez, Carlos nada falou com a esposa. Era só lhe pedir algo, que ele dizia amém.

Vicente pediu que usasse a máscara, pois não queria correr o risco se por alguma desventura tivesse alguém que a conhecesse.

Ao chegarem à casa de Alberto, Jussara achou bem aconchegante. E no ambiente por de trás da casa havia uma piscina onde ele recebia os amigos.

Alguns convidados já presentes e tudo exalava um clima de luxúria e perversão. Mas a noite estava apenas no início.

Alberto como não era casado fazia com perfeição as honras da casa e aguardava outras pessoas chegarem para dar conotação a sua grande e lasciva festa.

Passou algum tempo, e todos interagiam entre si.

Porém, Jussara conversava com os demais, acompanhada de Vicente que fazia questão de estar sempre ao seu lado.

Finalmente as pessoas que Alberto esperava chegaram. Inclusive os amigos que estavam na noite com ele na boate quando se encontraram.

Soube que seriam os mesmos devido à apresentação e também o comentário de Alberto.

Jorge e Rafael pareciam meio tímidos perante as outras pessoas que estavam bem focalizadas naquilo que desejam aquela noite.

Sobre a mesa de frios, também se encontrava um recipiente com vários sabores de camisinhas, fora os instrumentos como dildos, vibradores e dispositivos anais.

A bebida rolava à vontade e todos se beijavam…

Uns já despidos faziam sexo oral em outros, sendo homem com mulher, mulher com dois homens… Com três, homem com homem, ali todo mundo se desejava. Todos eram de todo mundo e ninguém era de ninguém. Isso é se lhes bastasse!

A princípio Jussara ficou observando para ver qual seria a reação de Vicente.

Ele estava intrigado com um dos convidados do amigo, e suspeitava ser alguém conhecido. Mesmo a pessoa impostando a voz e procurando lhe evitar. Nunca se enganara antes assim. E participando desse mundo de casas e boates de swing, ser um bom observador era tudo!

Alberto era o rei da festa, já que a casa não comportava uma rainha, ele dava a atenção de todas as maneiras a cada um de seus convidados. Principalmente aquele com quem Vicente era cismado.

Jussara compreendia ou começava a entender aquele ritmo de vida, sexo por sexo, homens sentindo prazer ao verem suas esposas transando com outros homens, e com outras mulheres. E sentia que esta troca de prazer era mútua sem nenhuma cobrança adicional. E que quando saia dali suas vidas eram normais diante daqueles que vivem na monogamia.

Mesmo com vários parceiros a disposição, o clima rolou com mais cumplicidade entre Vicente e Jussara e outro casal presente, que se apresentaram como Casal Delícia.

Era comum neste lado “b” da vida do casal, não falarem os seus respectivos nomes. E o que importava também?

A química entre os dois casais era perfeita, no início Vicente e seu companheiro observam as mulheres interagindo entre si, sobre o sofá em um canto da sala, fazendo uso de alguns instrumentos. As cenas que presenciavam faziam com que aumentasse mais a libido de quem assistia. E não eram somente os dois.

Wall como era chamada Jussara quando estava nessas festas, tinha o rabinho acariciado pela Delícia. Ela fazia caras e bocas… E assim as duas se revezavam em suas carícias ou faziam mutuamente.

Apesar do pouco tempo, já se acostumara ser uma exibicionista e era o que todos os presentes ali desejavam: homens e mulheres exibicionistas mostrando-se sem máscaras no ato sexual mesmo acobertando os seus rostos.

Vicente e o Delícia se punhetavam para aquecerem mais o clima de tesão, quando resolveram entrar nessa mesma brincadeira, invertendo os casais e enterrando em suas mulheres os dispositivos.

A luxúria estava espalhada pela casa e os vizinhos nem sonhariam em imaginar o que poderia estar acontecendo com o som ligado em um volume aceitável, senão ouviriam gritos e gemidos oriundos de prazer e gozo vindo daquela direção.

Vicente assistia Jussara e a Delícia chupando o pau do então amigo, depois as duas se colaram entre os dois e intercalavam as suas lambidas servindo aqueles homens e ao mesmo tempo as duas se tocavam penetrando os dedos ágeis uma na outra, com gemidos uníssonos.

As duas se acomodaram ajoelhadas sobre o sofá…

– Vem… Fode os nossos cuzinhos… – Pedia Jussara.

– Isso! Mete com força… Arregaça-os… – Complementou a Delícia.

Diante de pedidos tão intempestivos, Vicente e seu companheiro de foda não tiveram alternativa: meterem com força no cuzinho de suas mulheres deliciosas.

Pareciam que os casais já haviam saído antes, devido o entrosamento dos quatro.

A Delícia fincou seu cuzinho no mastro do marido e enquanto isso, Jussara chupava outra vez Vicente que estava mais do que em riste, ela de quatro Vicente se meteu por trás metendo de uma só vez em sua buceta vermelha e inchada de tesão louca para ser invadida.

Jussara rebolava gostoso e tinha os seios sugados pela colega. O tesão ia ao ápice com força total e gritando gozou  com a rola de Vicente enterrada em si.

Com Jussara desfalecida pelo gozo, Vicente não perdeu tempo e se encaixou na buceta de Delícia realizando uma DP, enquanto Jussara sugava os seios dela e a beijava.

Permaneceram algum tempo assim, até que os homens a colocaram de joelhos e saciaram a sua fome de leite, derramando sobre elas seus líquidos densos e quentes.

O sexo e o prazer eram intercalados com grandes goles de bebidas.

A noite estava apenas começando e teriam outros casais para provarem e saciarem…

 

E, claro, todos os créditos a escritora, Fabby Lima!

Beijinhos,

5 sinais de que ela está entediada

Sabemos que mulheres são seres deliciosamente complicados e misteriosos. Conseguem variar de humor como quem passa pelas quatro estações em um mesmo dia.

Mas apesar delas muitas vezes não falarem o que estão pensando, elas demonstram através de sinais. Elas são mestres na arte de dar indiretas sutis, inclusive na hora do sexo.

Às vezes, homens podem ser muito centrados no próprio prazer e esquecem que há outra pessoa ali que também merece ser desmanchada em gozos. E quando a performance não está agradando, elas vão mandar sinais para que você perceba.

Alguns desses sinais podem ser os listados aqui abaixo para te ajudar a melhorar seu desempenho sexual:

1. Parece uma estátua

Mulheres excitadas e que estão curtindo o sexo nunca ficam estáticas. Elas rebolam, elas mexem a boca, as mãos pelo corpo, elas gemem, mas nunca estão paradas. Se parece que você está sozinho no ato sexual, pode ser que ela não esteja aproveitando tanto quanto você.

Para ter certeza de que esse é apenas o jeito dela ou realmente você a está entediando, faça algo apenas para ela, como um oral e veja se ela muda a postura.

2. Checam as mãos ou batucam com os dedos

Sabe aquele ato de conferir se as unhas da mão estão em dia? Ou quando você batuca os dedos na mesa em um momento de ansiedade? Pois é, se ela fizer coisas assim definitivamente ela está em um ponto de tédio que nem deve estar mais pensando no sexo, a cabeça está nas tarefas pendentes da casa ou do trabalho.

Mas nem tudo está perdido ainda. Use todo o seu charme e um tom de voz bem sensual e pergunte o que ela quer, que você vai realizar apenas os desejos dela agora e nada mais.

3. Bocejos e coçadinhas

Esse é o tipo de sinal que só não entende quem não quer, pois não poderia ser mais óbvio. Se ela bocejou e disse que está cansada, não finja que acredita, sexo bem feito deixa qualquer um cheio de energia. Bocejo é puro tédio e fim de papo.

Coçadinha na cabeça ou em outras partes do corpo também demonstram que ela está distraída do sexo e sentindo coisas pelo corpo que não envolvem prazer, arrepios ou a aproximação do gozo, logo, não está legal esse sexo não.

Trate de agitar as coisas. Tentar uns beijos bem longos, uns elogios no pé do ouvido, traga-a de volta para a terra dos prazeres entre seus corpos!

4. Pressa para acabar

Se ela der a entender de qualquer forma que quer que você goze logo, seja falando ou insistindo naquela tática infalível que sempre te leva ao orgasmo em 2 minutos, pode ser que ela esteja fazendo isso de propósito, pois não quer prolongar mais o sexo com você. Afinal, coisa boa a gente não quer que acabe nunca.

Inverta o jogo, coloque ela naquela posição favorita dela e use suas armas secretas para que ela esqueça o tédio anterior e fique focada em como você manda bem e a deixa louquinha de tanto tesão.

5. Dispensa gozar

Esse deve ser um dos sinais mais diretos que podem acontecer. Sério, quem faz sexo e não quer atingir o orgasmo? Quem fala coisas do tipo “não tem problema, hoje não estou para isso” ou “fica para amanhã”?

Você fez ela passar da sensação de tédio completo para “só quero que isso acabe logo”, como se fosse uma perda de tempo na vida dela. Terrível isso, né?!

Agora é hora de ser orgulhoso e ao mesmo tempo abandonar o orgulho. Aceite que você mandou mal e precisa recuperar o prazer perdido. Faça o que for preciso, oral, mãos, posições com aquele atrito perfeito no região erógena dela e só pare quando ela estiver ofegante de tantos orgasmos alcançados.

Quais outros sinais você emite quando está sexualmente entediada? Vamos ajudar os homens a melhorar a interpretação deles aqui!

 

Por: Sessão rapidinha

Masters of Sex

Depois de receber a sugestão do Volcom, resolvi começar a acompanhar a série Masters of Sex, da Showtime.

A série conta a história do Dr. William Masters, que resolveu conduzir na década de 50, nos EUA, um estudo sobre a sexualidade humana. Renomado obstetra, ele usa de seu talento e nome conseguido na área para conseguir aprovar o estudo no hospital onde trabalha.

Imaginem a situação. Só imaginem a situação! Se hoje em dia é muito complicado tratar de temas como sexo, sexualidade, prazer e todas essas coisas, imagine tratar destes assuntos nos EUA, em plena década de 50. Se hoje em dia ainda tratamos esse tema com delicadeza, imagine naquela época.

É com esse pano de fundo que a série se desenrola, com Masters fazendo estudos e tentando descobrir mais sobre a sexualidade humana. Coisas como o que acontece com o corpo, quais são as fases do sexo, o que acontece na hora do orgasmo, etc. E claro, tudo isso envolto em dramas pessoais que deixam a série ainda mais interessante. A primeira temporada da série já está toda disponível, tendo sido exibida ano passado, sendo recibida com excelentes críticas pela mídia especializada. Fato que fez a Showtime já confirmar a segunda temporada, que estreia em julho.

Para ser bem sincera, depois do estrago que a Showtime fez com Dexter, não esperava tanto assim dessa série. Queimei a língua, já estou totalmente viciada e louca para poder ver o resto da primeira temporada (infelizmente, só deu tempo de ver os dois primeiros episódios). E depois rezar para a coisa toda só melhorar para ficar ainda mais ansiosa pela segunda temporada! Ela é tão viciante que conseguiu me fazer ver um pouco menos de pornô rs.

Recomendo fortemente a série!

Beijinhos,

Powered by WPeMatico