Pornografia alimentar

Todo mundo aqui gosta de pornografia, certo? (Espero que sim!)
Eu posso dizer que sou uma viciada. Não consigo passar um dia sequer sem ver um filme ou cena pornô. Além do ato sexual em si, ver um pornô é uma das coisas que eu mais gosto de fazer…ligar minha tv ou computador e ver aquela cena, aquela performance e bem, me divertir sozinha…sempre pego inspirações em filmes pornô. E também gosto muito de me imaginar no lugar das atrizes…

Mas, obviamente, por mais que seja uma parte muito muito importante da minha vida, sexo não é minha única paixão. Ela divide espaço com outra paixão, que não é tão grande quanto sexo, mas que ocupa bastante espaço da minha vida também: comer. Sério, o prazer que eu sinto em comer e me alimentar bem só perde mesmo para o prazer que eu sinto quando transo ou vejo uma pornografia. Zerar a vida para mim é: depois de uma foda bem dada, ir para a cozinha fazer aquele assalto na geladeira e depois levar tudo para a cama e comer com quem esteja me acompanhando.

Onde eu quero chegar com isso tudo? Bom, aposto que muitos aqui já devem ter se deparado com pratos que eram pornográficos, certo? E usaram exatamente esta expressão ao ver tais obras de arte: “gente, isso é tão bom que chega a ser pornográfico!”.

Foi pensando nisso que Mathew Ramsey criou o Porn Burger. Acho que o nome já diz tudo né. Hambugueres. Pornografia. Hambugueres pornográficos de tão suculentos.

Apreciem sem moderação: pornburger.me

Beijinhos,

 

Powered by WPeMatico