Mulheres e seus orgasmos

Orgasmo! Aahh… O orgasmo!
Se alguem acha que tem coisa melhor nesse mundo, é melhor parar de ler agora! Ou melhor, pára o mundo que eu quero descer!

Todos nós temos a oportunidade de ter orgasmos, seja você homem ou mulher. Tudo bem, tudo bem, há aquelas que nunca viram, e digo “aquelas” porque homem vê quase sempre — pra não dizer todo dia.
Aquela sensação gostosa, incontrolável, como uma explosão saindo de dentro de você e que, como um descampado amarelo esverdeado com mato baixinho, traz uma moleza, uma sensação de não querer não fazer nada. Somente superada por outra sessão de orgasmo!

Pensando nisso e lendo um pouco por aí, resolvi adaptar colocar uma lista de orgasmos femininos que são conhecidos. Ou, pelo menos, são de um senso comum.

Vamos a eles;

Orgasmos Preliminares: As preliminares são muito importantes, primeiro porque servem como aquecimento e para a mulher é o primeiro passo pra que ela possa alcançar orgasmos múltiplos depois. Então, dedos e língua à obra!

Orgasmo mamilo: Nem todas as mulheres podem ou conseguem, mas é mais comum do que se imagina!
Orgasmo clitoriano: O bom e velho botãozinho. Não é tão intenso quanto os orgasmos vaginais, mas ainda assim é ótimo aquecimento. E há mulheres que só chegam lá assim. Esfrega/aperte/lamba esse camarada aí.

Orgasmos da penetração

Orgasmo vaginal: Como cada xoxó é diferente e cada mastro também, as vezes é complicado chegar lá. Mas se conhecendo um pouco, e já tendo sido estimulada anteriomente (preliminares) fica mais fácil. E, sinceramente, é o melhor de todos!
Orgasmo anal: Ao contrário do que muitos dizem por aí, muitas mulheres atingem o orgasmo durante o sexo anal. As mulheres descrevem a sensação como sendo muito diferente, mas tão prazerosa quanto os outros, digamos, mais tradicionais.
Orgasmos múltiplos: Quer dizer que seu pau vale ouro. Já que serão pouquíssimos que ela verá na vida. Aproveite, mas sem ficar se achando o garanhão fodedor! Pra explicar melhor, é sua parceira ter inúmeros orgasmos seguidos.
Orgasmo contínuo: Requer uma certa intimidade e uma entrega total. Quando sua parceira tem um orgasmo e, ao invés de deixar que sua excitação baixe, o estímulo sexual continua. Isso fará com que ela prolongue o orgasmo por mais tempo. Quase sempre elas estarão exaustas depois disso. E pode comemorar, ela não vai mais largar seu pau!

Aprenderam alguma coisa?
Então vamos gozar minha gente. Faça amor não faça guerra!
E vamos combinar que a melhor coisa quando a gente briga é a transa de reconciliação. Uma delícia! Seja com o marido, namorado, amante, pau amigo… Enfim, com quem você esteja trepando!

Beijo beijo

vi a lista no AreaH.

Powered by WPeMatico