Jessie Rogers: uma estrela brasileira entre os gringos

Seguindo a sugestão do Volcom!

Jessie Rogers, brasileira, nascida em Goiânia em 8 de agosto de 1993. Se mudou para os EUA e estudou em uma faculdade na Califórnia. Antes disso, fez alguns trabalhos como modelo em Nova York.
Certo, por que um post sobre ela em um blog de sexo? Porque bem, de meados de 2011 – assim que fez 18 anos – até o fim de 2012, Jessie achou justo e resolveu fazer algum dinheiro trabalhando em produções pornográficas.

Jessie Rogers

Com um rosto angelical e um corpo fenomenal (uma bunda sensacional, perfeita, uma das melhores do pornô) ela não demorou muito para engrenar na carreira. Com disposição e fazendo cenas de quase tudo (desde oral e sexo normal até anal e gang bang), Jessie em pouco mais de um ano galgou muitas posições até ser reconhecida como uma estrela no meio. Sua ascensão na carreira chegou no auge ao ser indicada como Best Starlet (revelação do ano) no AVN (o maior prêmio da indústria pornô) em 2013 (que premia os melhores de 2012). E não somente essa, assim como concorreu em outras quatro categorias.

Infelizmente, com só praticamente um ano de carreira, Jessie resolveu se aposentar precocemente do meio. Mas não antes tendo presenteado a todos com cenas épicas e fantásticas.

Jessie se tornou uma ativista na luta por melhores condições de trabalho para os atores do mercado pornô e pela obrigatoriedade do uso de camisinhas em todas as cenas (a indústria gringa sofreu grandes abalos após alguns atores serem diagnosticados com AIDS, tornando o ano de 2013 bem complicado).
Além disso, ela resolveu continuar brindando seus fãs, porém de uma maneira um pouco diferente. Reconhecidamente nerd, a gata é viciada em jogos online como o League of Leagens e CoD (Call of Duty). Ela mostra os dotes (calma antes de clicar rapaz, atualmente é só no video game) através de um live stream e do seu canal de youtube. Seu canal no youtube também possui uma outra variedade de vídeos sobre vários temas – desde sobre quem é ela, até discussões sobre o controle de armas e as mudanças climáticas – já que atualmente ela tenta emplacar a carreira de vlogger, aliado ao seu site que também é blog, ao seu twitter e o facebook.

Agora, fica a dúvida se as pessoas entram para ver mesmo os vídeos ou para matar as saudades dela. Uma coisa eu tenho certeza, quando o vídeo é de video game certamente os nerds acham muito mais agradável, sexy  e excitante ver uma gostosa jogando do que um outro nerd qualquer =P

Beijinhos!

Powered by WPeMatico