atriz-libanesa-1

MIA KHALIFA, A ATRIZ PORNÔ QUE DESBANCOU LISA ANN E DIVIDIU O LÍBANO

Menos de um mês após o anúncio de sua aposentadoria, Lisa Ann já foi ultrapassada do posto de atriz pornô mais popular do mundo. De acordo com o ranking do Pornhub, Lisa foi destronada por Mia Khalifa, uma libanesa de 21anos que vem causando grandes polêmicas pela internet.

atriz libanesa 1

Enquanto Lisa tem 42 anos e 385 vídeos do site relacionados a ela, Mia iniciou sua carreira há poucos meses. O que fez a libanesa atingir popularidade tão rápido? As milhares de tretas que ela arrumou quando decidiu ser atriz pornô e contrariar a maioria religiosa de sua terra natal. O Líbano não é um país com tradição na indústria sexual ou pornográfica, muito devido ao conservadorismo de grande parte da população. Mas morando em Miami e com contrato com a BangBros.(produtora pornô), Mia tem a liberdade de seguir a carreira de atriz e passa boa parte do tempo rebatendo as críticas e ameaças que chegam pelo Twitter. libanesa

O ódio que parte do Oriente Médio sente por Mia não é apenas por ela seguir a carreira pornográfica. Para os muçulmanos, a atriz passou dos limites quando fez uma cena vestindo um hijab, o véu usado pelas mulheres na cultura islâmica. Mia não segue o Islamismo — e isso ela mostra em suas tatuagens. Ela tem em sua pele o logo das Forças Libanesas, um dos principais partidos cristãos do país, que surgiu de um grupo na guerra civil iraniana. “Eu nasci e fui criada lá. Eu tenho o direito de ter uma opinião política como qualquer outro”, ela diz ao ser questionada sobre o assunto.

(Crédito: Reprodução)

Com o debate em aberto, a pornstar tem sido assunto de diversos jornais locais que questionam a profissão da jovem. Enquanto isso, ela posta umas fotos bem mais interessantes nas redes sociais. Para acompanhar Mia Khalifa rebatendo os paladinos da internet, siga-a no Twitter e noInstagram.

 Por: Revista VIP

fantasias-sexuais

Nova brincadeira, de mau gosto, “roleta russa da aids” torna-se tendência em festas sexuais na Europa.

Homens estão colocando em risco a própria vida em orgias de “roleta russa” da AIDS.

No grupo que irá praticar relações sexuais, um está infectado com HIV. A revelação impressionante foi feita por um stripper conhecido apenas como Tijana, seu nome artístico.

Ele ainda teria revelado que o príncipe de Iorque, terceiro filho da rainha Elizabeth II do Reino Unido, teria participado de uma dessas orgias.

Através de nota, o príncipe Andrew negou qualquer participação em festas sexuais desse caráter e ainda afirmou nunca ter participado de orgias.

Tijana, que tem 23 anos, apresentou uma série de locais onde as supostas orgias estão acontecendo. Apelidada de “roleta do sexo esloveno”, vários famosos estão participando da brincadeira perigosa em toda a Europa.

Formou-se uma espécie de partido, onde os que pretendem fazer parte do grupo precisam usar máscaras, para que ninguém saiba quem está por trás. A “brincadeira” está no fato de que um dos participantes que usa a máscara tem HIV diagnosticado.

 

fantasias-sexuais

Em entrevista ao jornal Telegraph, ele disse: “Eu posso ver que todo mundo está falando sobre festas de sexo agora, desde que vasou a participação do príncipe Andrew, mas na verdade elas têm sido muito comuns há bastante tempo. Aqui na Sérvia, o que me chocou de verdade, foram essas festas com um participante com HIV. Essa variação me parece extrema e muito bizarra”.

Ele prossegue: Quem organiza são pessoas muito ricas e o prazer parece estar embutido no fato de em uma única relação sexual existirá o potencial risco em sair contaminado”.

Segundo Tijana, a prática teve início na Eslovênia, e causa excitação em pessoas que desejam correr riscos.

 

Vi no Jornal Ciência

mulheres-sobrando

Sobra mulher no Brasil!

Sobram mulheres na sociedade brasileira. Uma pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgada nesta quarta-feira (17) indica que elas são 51,4% da população, contra 48,6% do sexo masculino. Considerando a divisão por estados, as mulheres são maioria sobre os homens em 20 unidades da Federação conforme o quadro.

O Rio de Janeiro é o estado brasileiro que mais concentra mulheres, de acordo com o IBGE. São 53,2% de cariocas do sexo feminino contra 46,8% do masculino. Na região metropolitana do Rio de Janeiro, a diferença é ainda maior: 53,6% de mulheres contra 46,4% de homens.

mulheres sobrando

Na segunda posição, aparece o Distrito Federal, onde a população é formada por 53,1% de mulheres e 46,9% de homens. O terceiro lugar pertence a dois estados nordestinos, Pernambuco e Alagoas, onde 52,5% da população é feminina e 47,5%, masculina.

Em São Paulo, estado mais populoso do Brasil, 51,5% da população é formada por mulheres e 48,5%, por homens. Na região metropolitana, a diferença é maior: 52,1% de mulheres e 47,9% de homens.

Em três estados brasileiros, existe um empate entre o percentual de homens e de mulheres — é exatamente meio a meio, segundo o IBGE. São os casos do Acre, Mato Grosso e Goiás.

Maioria de homens

Os homens são maioria em apenas quatro estados: Rondônia, Roraima, Amazonas e Pará. Em Rondônia, 50,7% da população é do sexo masculino. Na segunda posição, aparece Roraima, com 50,2% de homens. Dividem a terceira posição Amazonas e Pará, com 50,2% de homens cada.

As informações estão na Síntese de Indicadores Sociais 2014, feita com base na Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2013, no Censo Demográfico 2010, na Projeção da População do Brasil por sexo e idade 2013, em dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), do Ministério da Educação, e SIM (Sistema de Informações sobre Mortalidade), do Ministério da Saúde.

O estudo traz informações sobre demografia, famílias, educação, trabalho, rendimento e domicílios, apresentando novas abordagens, como a análise das diferenças por gênero, cor e raça e idade.

Matéria do R7

Entendendo o orgasmo feminino.

O sexo para a mulher, começa muito antes da cama e termina muito depois dela. Apesar de alguns homens estarem conscientes desse fato, poucos realmente o levam a sério. Mal sabem quantas oportunidades estão desperdiçando. Sempre conto esse segredo para os homens que atendo no meu consultório, inclusive me apoiando em depoimentos preciosos dados por mulheres com quem já conversei, como os abaixo:

“Não foi o tamanho do pau dele que me impressionou, mas a maneira como de manhã ele tratou aquela senhora que mal conseguia atravessar a rua. Sua delicadeza me deixou super-excitada.”

 “Ele se esforçou como um guerreiro, até broxou, mas foi a dignidade de olhar nos meus olhos e dizer que estava ansioso por me deixar molhada que me cativou para ter mais sexo com ele.”

 “Quando ele colocou gentilmente minha cabeça sobre o braço dele sem me fazer correr dali como uma vagabunda eu soube que ele seria o pai dos meus filhos. E foi.”

Não quero dizer que os corpos, as línguas, os toques e a força não contam para impressionar, mas a qualidade determinante está muito longe dos lençóis. A mulher goza, primeiramente, pela mente. É pela personalidade dele que elas se apaixonam. Pintos existem muitos, mas pessoas incomuns são raras. Ela até pode querer saborear uma foda incrível com um cara patético, mas entre essa rapidinha e o caráter de um aprendiz, ela prefere trabalhar em cima do valor que o principiante tem. E esse pequeno fator que faz a mente de uma mulher gozar é negligenciado pela maioria dos homens.

A mulher transa com uma narrativa que vai sendo tecida para além do desejo sexual –ela não é fisgada pela potência genital do homem, mas pela sua capacidade de penetrar o mundo. Não é da broxada, da falência e do erro que ela foge, mas dá incapacidade de reagir, retomar e se soerguer. A possibilidade de poder viver uma jornada ao lado de um homem incrível, a excita mais do que bombadas dadas por um cara de pinto grande. É por isso que, na maioria das vezes em que uma mulher recusa o sexo, ela está procurando o algo mais naquele homem. É um desafio para que ele tire a venda que está em seu coração e a penetre com o corpo todo, não só com o penis.

Ela se aborrece não pela ejaculação precoce, mas pelos olhos desconcentrados e a preocupação em parecer poderoso só para si mesmo. Ela fica seca com o egoísmo que a desconsidera como parte essencial do prazer do casal. Ela esfria quando ele tenta romper a meia luz envergonhada, por conta de uma dobrinha a mais, só para ver pornograficamente tudo as claras. Ela broxa se a mão dele está desatentamente gelada na hora do toque ou se ele nem se deu ao trabalho de aparar as unhas para masturbá-la. Não é com o tapa da bunda que ela se ofende, mas com a cegueira emocional de um homem tão autocentrado que nem a si mesmo enxerga. Degustar cada espaço, reparar no detalhe comum da dobra atrás do joelho, brincar com a água que espirra debaixo do chuveiro são êxtases silenciosos e superficialmente não sexuais. Para um olhar condicionado é apenas um ato comum.

O que esfria a mulher é quando a cama é só cama, de madeira, molas, espuma, genitais e movimento. O que a incendeia, ainda que ela diga que também gosta de sexo impessoal, é perceber pelo brilho nos olhos dele, que ele a enxergou por trás da bunda grande ou das coxas torneadas.

CASAL SEM VERGONHA

 

 

Pesquisa diz: jovens brasileiras são as mais infiéis do mundo!

Antes que a polêmica seja instaurada, vamos ao que interessa. O site de relacionamento extraconjugal AshleyMadison.com – ou seja, um site dedicado especialmente a pessoas que estão em um relacionamento, mas procuram outros parceiros – divulgou uma pesquisa apontando que as mulheres brasileiras são as mais jovens quando o assunto é infidelidade.

Baseado na idade média das inscritas no serviço, de 26 anos, o diretor geral do site no Brasil, Eduardo Borges, cravou: “Dados recentes representam que as brasileiras já iniciam seus relacionamentos extraconjugais com apenas 1 ou 2 anos de casamento”. Segundo ele, a “culpa” da insatisfação das jovens brasileiras pode ser da própria cultura sensual do País, que não suprime o desejo sexual.

jovensbrasileirastraemmais

 

 

Feita com mais de 2.500 mulheres, uma outra pesquisa mostra que 57% delas admitem ter dois ou mais amantes ao mesmo tempo. De acordo com 46%, o desejo de variedade é o principal motivador da traição e 14% se queixam da falta de sexo no casamento.

A pesquisa também faz um “top 5″ das cidades que tiveram as mulheres mais jovens entrevistadas, que admitiram ser infiéis. Goiânia e Florianópolis tiveram uma maioria de 25 anos, Belo Horizonte de 26, Salvador de 27 e São Paulo de 28 anos.

 

Notícia do Terra

Pesquisa diz: Homens acham as mulheres de salto mais sexy!

Um novo estudo publicado na revista “Archives of Sexual Behaviour” prova que os homens realmente acham mais sexy mulheres de salto alto. O autor do estudo, Nicholas Gueguen, no departamento de comportamento social na Universidade de Bretagne, conduziu três experimentos com mulheres francesas morenas, vestidas com tailleurs pretos idênticos, com saias retas e camisas brancas. As únicas diferenças entre as mulheres estavam seus sapatos. Na série de experimentos, Gueguen fez as mulheres de isca para homens desavisados.

mulher de salto

Primeiro, as mulheres usavam sapatilhas pretas sem salto, sapatos pretos com um salto de 5 centímetros ou escarpins pretos com salto de 9 centímetros. Todas se aproximavam de várias pessoas pedindo assistência e trocavam de sapato a cada 10 pessoas. Uma mulher de 19 anos se aproximou de homens entre as idades de 25 e 50, pedindo sua ajuda com uma pesquisa sobre a igualdade de gênero, e recebeu o maior número de respostas quando usava saltos mais altos: 83% dos homens que se aproximaram concordaram em passar de três a quatro minutos respondendo suas perguntas, em comparação com quase metade desse número (47%) quando ela usava sapatos baixos.

Mas e as mulheres, como reagiram às outras de salto alto? Para descobrir, quatro mulheres pediram a homens e mulheres para participar de uma pesquisa sobre alimentação. Mais uma vez, os homens eram mais propensos a responder quando as mulheres usavam saltos mais altos — 82% concordaram em fazer o levantamento quando as mulheres usavam salto 9, em comparação com 42% que responderam quando elas usavam sapatos baixos.

Por que os homens são mais receptivos às mulheres de salto alto? Para testar a hipótese, Gueguen disse às mulheres para encontrar homens que serviriam como “presas” e caminhar à frente deles, em seguida, deixar cair uma luva. Noventa e três por cento dos homens pegaram a luva quando as mulheres usavam saltos altos; e 62% fizeram a gentileza para as que usavam sapatos baixos.

Para o grand finale, pesquisadores queriam ver se os saltos altos realmente atraíam romanticamente os homens. Eles estrategicamente colocaram mulheres usando diferentes alturas de salto em três bares, e as posicionaram em mesas perto do bar onde os sapatos eram visíveis aos que estavam no balcão. Em média, foram necessários apenas 7,49 minutos para que os homens abordassem mulheres que usavam salto alto. Para as que usavam sapatos baixos, levou quase duas vezes mais: 13,54 minutos.

O que exatamente é tão sexy sobre saltos altos? Gueguen culpa os meios de comunicação para a forte associação entre saltos e sensualidade. E sim, saltos mais altos podem mudar a forma como uma mulher anda, fazendo balançar os quadris um pouco mais, mas no estudo, mesmo as mulheres que estavam sentadas e usavam saltos foram abordadas por mais homens. Tudo isso confirma que os homens tendem a usar atributos físicos, como forma de avaliar a atratividade das mulheres e para encontrar parceiras em potencial. Não é exatamente uma revelação, mas Gueguen dá alguma credibilidade à escolha aparentemente ilógica. “Como homem eu prefiro minha esposa de saltos altos, e muitos homens na França têm a mesma avaliação”, conta o pesquisador.

Fonte: O Globo

Maravilhosamente Lola…

Vinte dois anos, formada em Letras pela Universidade Federal de São Carlos, redatora de blog, escritora, prostituta. Isso mesmo, prostituta! E qual o problema? Autora de “O prazer é todo nosso”, como já contamos aqui em outra ocasião, Lola Benvenutti relata em seu livro suas vivências como prostituta. Mas, dessa vamos falar menos e mostrar um pouco mais da prostituta mais cult (e desejada) do Brasil no momento. Chega de conversa, vamos apreciar mais um pouco essa maravilha que se chama “Lola”.

lola1 lola22 lolla 3 lola 334   lola4 Estou errado em ser apaixonado por Lola? Comente! Por: Dom Ricardon

A nova moda de “correr pelada”

Pela terceira vez em apenas de 11 dias, uma mulher foi flagrada pelada, pelada nas ruas no Rio Grande do Sul. pós dois casos de nudez registrados no intervalo de uma semana, uma terceira mulher foi flagrada correndo completamente nua neste domingo (9) no centro da capital.

A última parecia uma corredora comum, se exercitando na rua, com boné para se proteger do sol e do forte calor e tênis apropriados. A não ser pelo fato que ela estava totalmente nua.

Seria uma nova tendência por lá?

14313292

Os outros dois casos:

mulhernua pelada_manuel1

 

E se essa nova moda se espalhar pelo Brasil?

 

Beijinhos!