Minha prima, meu tesão

Cheguei na casa de minha tia, entrei e fui até a cozinha para tomar um copo de água. Uma visão paradisíaca para meus olhos: minha prima Teodora com uma blusa e uma calcinha, mexia algo na panela. A blusa era do pijama, bem justa, o que salientava os peitinhos dela e a calcinha atolada no reguinho, deixava as popinhas dela à mostra. Virou o rosto, me viu, deu um largo sorriso.
Cheguei perto dela, com cara de bravo:
– Isso são trajes de me receber, Teodora?
– Uai, gostou não? Tá bom, vou lá dentro me vestir de modo mais comportado…
Fez menção de sair, mas eu a segurei e rindo falei:
– Não foi isso que eu quis dizer… acho que você está vestida em excesso… devia estar sem nada!!!
– Ah, priminho safado…
E ai ela me beijou, começou a desabotoar minha camisa. Não pensei duas vezes para colocar as mãos nos peitinhos dela e arrancar a camisetinha do pijama. Nessa altura, minha camisa já saira de mim e minha calça já estava nos calcanhares. Tirei para não tomar um belo tombo. E assim que tirei ela já veio segurando meu pau e me fazendo uma bela chupeta.
Tirei a calcinha dela e não havia mais nada a tirar. Coloquei-a sentada na bancada da pia e comecei a lamber a bucetinha de Teodora e depois de bem lubrificada, enfiei meu pau nela. Escandalosa, ela gritava pedindo mais e mais. Tirei-a da bancada e coloquei-a ajoelhada numa cadeira, metendo por trás, depois fui eu a sentar na cadeira e ela, sentada em meu pau, pulava com todas as forças, gemendo alto.
Quando eu disse a ela que já estava quase gozando, ela levantou-se e ficou me chupando até eu explodir de gozo, enchendo a cara dela com minha porra. Ela esfregou o rosto em meu peito e eu tive de tomar um banho.
Quando sai do chuveiro e entrei no quarto, ela já estava lá, nuazinha.
– Quero mais, quero mais… vem cá!
Me jogou na cama e já veio sentando em cima, com os peitinhos bem perto da minha boca, e eu os chupei enquanto ela rebolava com meu pau dentro dela. Depois ela ajoelhou-se na cama e quando fui penetrar sua xotinha, ela falou:
– Meu cu… come meu cu…
Uau… serviço completo… enfiei o dedo no cu da priminha, depois outro e finalmente encostei a cabeça e fui enfiando bem devagar. Curioso que ela foi levantando o corpo e quando terminei de entrar ela estava praticamente de pé e assim ficou por um tempo. Depois me falou para não tirar e acompanhar seus movimentos, foi descendo até deitar-se na cama e eu com o pau dentro do cu dela. Gozei logo, era impossível segurar…
Naquele dia ela não quis saber de mais nada.
Na manhã seguinte, quando acordei e fui para a cozinha, sem fazer barulho, eu a vi só de calcinha e camiseta, preparando uma banana com aveia. Sem que ela me visse, abaixei-me e fiquei sob a mesa. Dali a pouco ela veio e sentou-se. E quase a matei de susto quando segurei as pernas dela. E fui puxando, e ela saiu da cadeira e sentou-se no chão e eu fui puxando sempre até ela ficar do meu lado e eu levantar sua camiseta e mamar nos peitinhos dela.
– Hoje eu quero café com leite, mas o leite é o seu, viu?
– Mama à vontade, sabe que eu adoro te ver mamando em mim, não sabe?
Virei o corpo e ela entendeu o que eu queria, tirou minha calça de pijama e mamou em meu pau. Ai saímos de debaixo da mesa, continuei deitado e lá veio ela sentar-se em meu pau, me cavalgando, de novo aos gritos. Ergui meu corpo e a beijei, enquanto ela ainda continuava engolindo meu pau com sua bucetinha quentinha. Tornei a deitar e ela se deitou em cima de mim, me beijando com volúpia enquanto mexia com a bunda e fazia meu pau deslizar dentro dela, até eu gozar.
Com uma prima assim…nem dá vontade de sair de casa!

por Kaplan no Conto Erótico

Powered by WPeMatico

Te conto um conto: Troca troca de irmãs

Taradinhos e taradinhas,

Mais uma SEXXXta-feira chegou e com ela toda a alegria do fim de semana!
E como vocês sabem, hoje também é dia de conto erótico!

 

Que delícia! O conto de hoje tá um tesão. Duas irmãs muito safadinhas propuseram um troca-troca com os respectivos namorados, e transaram todos juntos no mesmo quarto!
Ufa… Já to até sentindo um calorzinho.

Vai, dá uma lida e me diz o que achou ;)

———————————————————————————————————————————————————–

Troca troca de irmas

Olá leitores, meu nome é Julia (vou usar nomes fictícios nessa história), sou do interior de São Paulo. Namoro com o Guilherme, curtimos muito a vida, muito ativos sexualmente, deu uma oportunidade, transamos. Como ia dizendo, tenho 23 anos, 1,62m de altura, peso quase 54kg, tenho olhos claros e cabelos ruivos, não naturais…rsss… o Gui, tem 26 anos, 1,80m, pesa 81kg, olhos e cabelos castanhos. Resolvemos passar um final de semana no litoral e chamamos minha irmã Bianca e o namorado dela, o Lucas. A Bianca, mais nova do que eu, tem 19 anos e é mais baixa do que eu, mais magrinha, mas também tem olhos azuis e é loirinha. O Lucas mais magro do que o Gui, olhos escuros também, bonitinho até.
Fomos pro litoral, ficamos num apartamento no centro, ótimo lugar e tudo mais, os rapazes foram comprar umas bebidas pra gente e algo pra beliscar e nós duas ficamos no ap pra ajeitar tudo, colocamos uma roupa mais a vontade, eu de vestidinho de saída de praia e ela com uma sainha soltinha e uma blusinha, eles chegaram e foram tomar um banho, quando saíram eu a Bih estávamos jogando baralho, nada demais, apenas uma rodada de buraco, o Gui como sempre, só usando uma bermuda, e o Lucas usando uma bermuda e uma camiseta regata. As vezes eu dava uma reparada no Lucas, até que ele é bonitinho, se fosse solteira eu com certeza daria uma chance pra ele, e sempre notei que minha irmã da umas secadas grandes no Gui e ele nela, e quando ele veio só de bermuda eu notei a secada que ela deu nele, de cima em baixo, como eu já tinha tomado uma dose de tequila nem liguei, até porque eu também dei uma boa olhada no Lucas, estava gostosinho, eu tava pegando fogo, cheia de fogo… fazia 4 dias que não via nada, tava subindo pelas paredes de tesão, e ver os dois com a bermuda soltinha, o Gui sem camisa, nossa, me deixou com a mente cheia de besteira. Já tinha notado que o Gui da uma reparada a na Bih as vezes, principalmente quando ela coloca umas roupinhas tipo pijaminha soltinho, pra provocar mesmo, safadinha ela, de bobinha só a carinha.
O Gui deu a ideia de jogarmos baralho, em duplas, a dupla que perdesse teria q beber uma dose de vodka ou tequila. Sorteamos as duplas, a maior carta iria jogar com a menor, caiu eu e a Bih contra os dois. Soltamos as cartas ne mesa, e fomos jogando, os dois ganharam a primeira e ai eu a Bih fomos de vodka pra dentro. Fomos alternando em vitórias e derrotas, até acabar a bebida.
Os 4 estávamos bem altinhos, mas como tinha acabado a bebida, mas queríamos continuar o jogo, e eu a Bih parece que cruzamos pensamentos, propusemos juntas que perdesse pagava um desafio dado pela outra dupla. Continuamos meninas contra meninos…rsss
Na primeira rodada quem ganhou fomos nos e eu desafiei os dois a ficarem só de sunga.
– Os dois ai, usando só uma sunga!
– Sunga? Isso não é desafio, eu quero os dois de cueca!!!… atravessou a Bih sem pensar.
– De cueca é sacanagem. Falou o Lucas
– Relaxa, é como se fosse uma sunga…rsss… falei pra eles
O Gui tirou primeiro, era uma cueca preta, boxer, adoro ele assim. O Lucas baixou e também ficou de cueca, meio tímido, mas ficou, cueca branquinha, normal, sem ser boxer.
Deu pra notar o volume na cueca deles, o pau do Gui eu já conheço de velha, mas do Lucas, nunca tinha visto, pelo menos por baixo da cueca parecia ser interessante.
Na segunda rodada a gente ganhou de novo. Deixei a Bih no comando pra pedir o que ela quisesse.
– Eu quero que o Lucas fique de pé e de uma encoxada em mim por trás e você faz o mesmo com a Julia. Beleza?
Na mesma hora vieram os 2 e chegaram junto, o Gui veio por trás de mim e deu uma pegada gostosa na minha cintura e deu uma mordida na minha nuca, enquanto eu olhava pro lado e via a Bih só rebolando e esfregando no pau do Lucas. A brincadeira estava esquentando.
– Eu quero transar junto com os dois, no mesmo quarto. Sussurrei no ouvido do Gui.
Quando falei isso, na hora senti o pau dele aumentando esfregando na minha bundinha empinada.
Na terceira rodada eles ganharam e ai o Gui tomou a frente.
– Já que nós estamos de cueca, vamos igualar, quero as duas de calcinha e sutiã!!! Agora!
– Calma ai Guilherme, não quero que a Bih fique na sua frente de calcinha e sutiã. Falou o Lucas meio que com medo da situação….rsss
– Poxa morzinho, a Jú ta vendo você de cueca, e por sinal, viu o tamanho do seu brinquedo ai, deixa eu brincar também, to toda cheia de vontade. Disse a Bih, já levantando a blusinha dela. Logo em seguida tirou a sainha dela, ficou de sutiã, um branco normal e a calcinha pretinha, de algodão, bem cavadinha na bundinha dela.
Na minha vez levantei o vestidinho e tirei, só que estava sem sutiã, então fiquei com os seios a mostra.
– Ta vendo Lucas, saiu ganhando, ta vendo a Jú de peitos de fora. Gostosa não!? Falou o Gui.
– É, não tem como negar. Respondeu ele ajeitando o pau dentro da cueca.
Ficou de pau durinho me vendo só de calcinha. Uma calcinha branca, com detalhes de renda e totalmente enfiadinha na bunda, quase transaparente. Dava pra ver que eu estava com tesão e molhadinha. Ficou uma marca de babinha na calcinha, por ser branca.
Estava ficando cada vez mais animado o jogo, e esquentando tudo, os dois de pau duro, eu e a Bih louquinhas pra deixar eles peladinhos e também pra provocar muito os dois. Na mão seguinte quem ganhou foram os 2 de novo.
De novo o Gui tomou a frente e eu sabia que vinha sacanagem por parte dele.
– Pra começar eu quero que a Bih também tire o sutiã pra ficar igual a Jú, e pra compensar a raivinha e a preocupação do Lucas, se a Bih permitir, quero que a Jú faça algo que me deixe com muito ciúmes.
– Por mim esta liberado tudo, to aqui pra me divertir. Já respondeu de bate pronto a Bih.
Ela tirou o sutiã e ficou com os peitinhos dela de fora, pequenos, mas redondinhos e com bicos rosinha, assim como os meus, só que eu tenho silicone, então é grande.
Seguindo o desafio, mandei o Lucas ficar de pé e cheguei por trás dele arranhando o peitoral dele, e passando a língua e dando umas mordidinhas nas costas dele, só fui olhando pra cara do Gui e da Bih, os dois olhando e adorando o que estavam vendo, desci a mão pra cima da cueca dele.
– Pode? Perguntei.
– Faz o que você quiser linda, você pode fazer o que você quiser. Respondeu o Gui.
– Aproveita ai morzinho, aproveita. Disse a Bih.
Coloquei a mão por dentro da cueca e segurei o pau dele, que pau quente, grande, todo raspado, uma delicia, apenas dei uma alisada com as mãos e fiquei dando umas lambidas no pescoço dele, encostando meus peitos nas costas dele. Deixei ele com o pau babando de tesão. Não vou mentir que minha bucetinha ficou mais melada ainda. O Gui só ajeitava o pau dele duro na cueca, e a Bih, só olhando e mordendo os lábios de tesão.
Quando voltamos ao jogo, eu e a Bih ganhamos a mão e foi a nossa vez. Perguntei pra ela se tinha algo que ela gostaria que fosse feito.
– Então Bih, você manda!!! Falou o Lucas, liberando, depois do que eu fiz com pau dele…rsss
– Então quero ver os meninos peladinhos e sentir o que tem debaixo daquela cueca que faz você gemer em casa Jú.
– Vem cá e tira você mesma Bih. Pediu o Gui
Na mesma hora ela foi, ajoelhou na frente do Gui, baixou a cueca dele e viu o pau dele pela primeira vez. O pau dele estava muito duro, fica muito cabeçudo o pau dele. Ela segurou o pau com a mão dela, e ficou admirando o pau dele, deu uma vontade de cair de boca naquele pau grande e grosso.
Então o Gui ficou pelado e o Lucas de cueca e eu e a Bih de calcinha.
Quando os dois ganharam a próxima rodada o Lucas nem esperou e sugeriu.
– Vai lá Guilherme, faz o que você quiser com a Bih, e a Jú vem aqui continuar o que ela estava fazendo.
Aquilo foi o sinal verde pra esquentar de vez, o Gui, foi pra cima da Bih, deu um beijo na boca dela e ela só alisando o pau dele, ajoelhei na frente do Lucas tirei o pau dele pra fora, e cai de boca, lambi todo o pau dele, colocava inteirinho na boca, babava em cima das bolas dele, chamei ele pro quarto deitei ele na cama e subi com a bucetinha na boca dele, fazendo um 69 delicioso. Ele me chupava muito gostoso. A Bih chegou o Gui no quarto deitou de pernas abertas pro Gui e ele caiu de boca na bucetinha dela, ela é toda raspadinha, eu deixo uns pelinhos por cima, bem ralinhos, mas por baixo toda lisinha. Chupando o pau do Lucas e vendo o Gui realizar a vontade de comer a cunhadinha, me deixou cheio de tesão.
– Ahnnn Lucas… me chupa, assim… não para… Gemendo na boca dele e punhetando aquele pau gostoso.
– Vem Bih, chupa meu pau vem… pediu o Gui pra Bih.
Sai de cima do Lucas, fiquei de 4 pra ele e pedi pra ele.
– Come minha bucetinha vai Lucas… vem me foder…
Ele enfio o pau dele na minha xoxotinha quente, nossa, que pau gostoso.
– Safada, fode esse pau… gostosa… hummm…fala o Lucas.
O Gui ficou deitado na cama e Bih veio por cima dele e ficou cavalgando no pau dele, sentava gostoso e gemia. Não sabia que minha irmã metia tanto, mais safada do que eu.
– Me fode Gui, me fode caralho… ahnnnnnnnnnnnnnn…. Ela gritava de tesão em cima dele.
Com o Lucas me fudendo por trás e vendo o Gui arregaçando a Bih não aguentei, gozei no pau dele, escorria pelo pau dele. A Bih ficava esfregando o grelinho dela com o Gui fodendo ela, saiu do pau dele e gozou na barriga dele, caiu todo aquela baba da buceta dela.
Eu gozei e fiquei toda molinha, mas o Lucas ainda estava de pau muito duro, abri a perna pra ele e queria mais pau na minha bucetinha, deitou eu e a Bih uma do ladinho da outra e os dois vieram pra enfiar na gente.
– Ah que buceta linda, vo te fuder Jú, quero gozar na sua boca safada. Falou o Lucas
– Vem Gui, come minha bundinha, quero no cuzinho. Pediu a Bih.
O Lucas enfiava o pau na minha xoxota e o Gui abriu bem as pernas da Bih e forçou a cabecinha no cuzinho dela e ficou metendo.
– Aaaannnn….fode… aiii caralho… come meu cuuuu Gui…ahnnnnnnnnnnnnn….
– Ai gostosaaaa… vou gozar Jú, vou gozarrr… aaaahhhhhhhhhhhhhh.. disse o Lucas
Peguei o pau dele com a mão e bati uma pra ele e ele gozou na minha cara, muita porra saiu do pau dele, encheu minha cara de porra.
O Gui vendo a cena acelerou no cuzinho dela, arregaçou a Bih mesmo.
– Vem Gui, goza pra mim…annnn…fodeee caralho….vo gozar de nvvv… Disse ela, esfregando o grelinho dela. Espirrou em cima do Gui de novo.
– Ahhh Bih… vou gozarrr… vem vagabundinha…vem… chupa meu pau… vo gozar na sua boca…
Ela ajoelhou e ele segurou o pau e despejou toda porra na boca dela, tinha muita porra também.
Depois nós 4 caímos cansados na cama, todos moles. Cansados. Acho que nunca tinha gozado assim num pau gostoso. E ver o Gui metendo na Bih também foi muito bom.
Só sei que depois fui tomar banho junto com o Lucas e a Bih no outro banheiro. Gozei de novo no pau dele no banheiro. Fomos os 4 dormir juntos. Eu, o Gui a Bih e o Lucas.
Desde desse dia as vezes saímos com os 2, sempre trocamos. Estou pensando em fazer uma dp com eles, mas o pau deles é grande…. rsss… quem sabe um dia.
Espero que gostem da história!

———————————————————————————————————————————————————–

Nooossa, to toda melada gente!
Essas irmãs são mesmo muito taradinhas e os namorados também não perdem tempo!

Bom, um ótimo fim de semana pra vocês e lembrem-se usem camisinha!

Beijos minhas delícias

Powered by WPeMatico