Mulheres, banheiro e

Taradinhos e taradinhas,

Como vocês sabem, muitas coisas que publico aqui no blog descubro navegando, por aí, na internet.
E tem alguns blogs que acompanho com frequência.

Um deles que eu recomendo a leitura — sem esquecer de mim :) ouviram? — é de um Casal que não tem vergonha de expor suas ideias.

Pois bem, recentemente eles elaboraram, a partir de emails e mensagens de seus leitores, uma lista com 45 coisas que viram tema de conversa no banheiro feminino.
Adorei a ideia! E mais ainda, a lista é super diversificada (afinal, são 45 coisas!).

O banheiro feminino é diferente do masculino em sua essência. Nós não vamos dar aquela aliviada na bexiga ou dar aquela mijada…
Tem toda uma questão social e de auto confiança. Ali somos, quase sempre, todas amigas, conversando sobre a vida, sobre o gatinho que está do lado de fora, falando mal da outra que não está ali, entre outras coisas.

“Ah! Então é por isso que vocês demoram tanto?”
Não, vocês (homens) tambem não imaginam o malabarismo que é fazer um xixizinho naquele ambiente hostil, sujo… E, ainda por cima, sair linda e cheirosa pra vocês!
O processo todo vai desde não encostar no vaso (ficar de cócoras), tomar cuidado com a roupa, segurar a bolsa, retocar a maquiagem, até bater aquele papinho…

Sem mais delongas, segue a lista completa (copiada descaradamente!):

1. – Tem batom aí?

2. – Vamos tirar uma foto no espelho?

3. Vamos juntas ao banheiro para segurar o cabelo da amiga enquanto ela passa mal e ajudá-la a sair do banheiro linda, como se nada tivesse acontecido.

4. Tudo o que os olhares entendedores entre amigas não permitiram ser entendidos em público. Ou seja, não dá pra fazer comentários maldosos em público. E o perigo de não aguentar a risada, ou então, não conseguir disfarçar?

5. Sobre a garota escrota que o nosso amigo levou pra sair com a gente.

6. A gente conta umas pras outras sobre aquela posição que foi bacana e pode funcionar com a amiga ou o que o cara fez e a gente não curtiu.

7. A gente pergunta pra amiga o que ela achou do peguete.

8. Só vamos juntas ao banheiro pra ter companhia.

9. Às vezes a gente se pega, sim.

10. Dar aquela checada rápida nas regiões íntimas para ver se esta tudo ok antes de sair pra cama com aquele gatinho que diz ter um apê só dele.

11. Falamos mal da menina que está com aquele vestido maravilhoso que você saria um rim para ter, mas como é ela que está vestindo, é a roupa mais horrorosa do mundo.

12. Homens, trabalho, homens, dieta, homens, sexo e homens.

13. Fazemos as contas de quantas bebemos e de quantas ainda podemos beber.

14. Falamos de como é um saco ser mulher e ter que ficar a noite toda montada num salto que machuca o pé.

15. Conversamos sobre o assunto que tá rolando na mesa. Se for futebol, normalmente, nós falamos mal.

16. Sobre aquele amigo gato do seu namorado que tá te encarando.

17. Sim, nós discutimos sobre o tamanho do seu pênis.

18. Sobre as mesmas coisas que conversamos fora dele.

19. Desatolar a calcinha não é conversar, e é um dos motivos mais frequentes das idas ao banheiro.

20. Planejamos mil e um motivos de sair à francesa.

21. Se estamos em uma mesa com algumas mulheres e alguns caras, vamos ao banheiro pra decidir quem vai ficar com quem.

22. Chorar por causa do ex.

23. Se for de balada, falamos sobre qual dos boys é o mais bonito. Se for do escritório, falamos mal do chefe.

24. Quando estamos naqueles dias, sempre rola aquela famosa pergunta: ”vê se tá sujo ?”

25. Sobre a falta do português correto de alguém que esteja por perto.

26. Damos bronca na amiga que está choramingando porque o ex tá na balada e não olhou pra ela.

27. Normalmente, se estivermos cada uma com o seu par, falamos do que eles fizeram ou falaram.. Tipo: “Você viu que bonitinho ele me oferecendo sorvete?”

28. Todos os assuntos do mundo: já recomendei livros para amigas enquanto elas faziam xixi, trocamos receitas de comidas, uma amiga já me contou da alegria de ver pela primeira vez o filhinho na escola enquanto eu fazia xixi, desabafos, alegrias, tristezas, putarias, assuntos sérios… Banheiro é um local catártico e libertador para terapia em grupo para mulheres.

29. Trocamos ideias sobre métodos contraceptivos.

30. Na verdade, não conversamos sobre nada. É que tem uma mesa de sinuca em todos os banheiros femininos do universo, por isso vamos para lá juntas e toda hora.

31. Os homens acham que conversamos sobre o segredo do Universo, mas às vezes a gente nem fala nada demais. A verdade é essa.

32. Sobre TUDO. Mas geralmente começa com “o meu cabelo está feio hoje”.

33. – Odeio essa calcinha! Vou tirar, o que você acha?

34. Sobre a nova namorada do seu amigo. “Você viu a roupa dela? O que era aquele sapato? Meu Deus!”

35. Conversamos sobre nada e sobre tudo. Vamos ao banheiro porque necessitamos ou porque queremos conferir o visual. Mas não temos um assunto premeditado. O que rola é que, se ao chegarmos ao banheiro, já estiver rolando um papo, seja ele qual for, vamos interagir. Fila de banheiro feminino é um tédio sem uma conversa descompromissada.

36. Sabe quando você tenta “ajeitar” aquele amigo do seu namorado que não pega ninguém para a sua BFF? Hora de ela dizer se valeu a pena ou não.

37. Hora do S.O.S., nada como uma ida casual ao banheiro com a amiga para fazer um plano e fugir daquele bofe chato e com mau hálito.

38. Sobre a possibilidade de estar grávida porque a menstruação atrasou.

39. – Será que o amigo feio que está na mesa é bom de cama? Estou sentindo uma atração por ele .

40. O banheiro é apenas o destino final. O que importa é a ida até lá, exibição mesmo.

41. Pegamos em silicones. Sempre queremos ver e conferir (apertar) como ficou o peito da amiga.

42. Costumo fazer competições de peidos com minhas amigas.

43. – Fala na mesa que eu vou dormir na sua casa, porque não quero ir embora com ele.

44. Nos olhamos no espelho e falamos mal de nós mesmas pra conseguir elogio da outra.

45. Não é tanta conversa como imaginam. Quando a gente vai ao banheiro fazer xixi, não é só abrir o zíper da calça, mirar o pau e dar uma sacudida. Somos ainda mais vulneráveis a doenças genitais, portanto, cuidados tem de ser tomados, tipo fazer xixi sem encostar na tábua. Até achar uma posição que eu consiga mirar no vaso é chato… Ou vocês acham que a gente ter perna pra dançar funk de forma fácil vem do nada?

 

Viu, não era nada do que vocês estavam pensando… ou não!

Comentem o que vocês pensavam que rolava, tô curiosa. ;)

Beijocas

Powered by WPeMatico