Música + Asa Akira

Todo mundo escuta música, certo? Eu por exemplo, no dia-a-dia, não consigo ficar sem escutar um bom rock. E sou bem flexível se tratando de rock (aliás, acho que sou bem flexível em quase tudo na vida…). Gosto desde os clássicos, como AC/DC, Led Zeppelin, The Beatles (como não gostar dos Beatles), Rolling Stones, David Bowie (posso confessar uma coisa? Sou louca nesse cara, desde adolescente…sempre me imaginava transando com ele enquanto escutava seus discos) até bandas mais contemporâneas, como Franz Ferdinand, Arcade Fire, Artic Monkeys, Foo Fighters, Jack White e todos os seus projetos, e por ai vai. Também não dispenso um bom jazz – tem coisa melhor do que trepar escutando jazz?

Mas bem, esse post não é só sobre o meu gosto musical. Se eu começasse a discorrer aqui sobre isso e a listar tudo o que gosto de escutar, esse post nunca terminaria…estamos aqui para falar de sexo, pornografia e tudo mais. Como sou viciada em música, nada como botar uma boa canção para tocar (para me inspirar) e colocar um pouco do tema também no blog.

E como relacionar sexo com música? Descobrindo os gostos musicais das pornstars! Elas também são pessoas normais, quando não estão trabalhando – transando por ai – elas também escutam músicas, vão ao cinema, assistem programas de televisão, etc. E, para estrear essa (bem, vou chamar de coluna) coluna no blog, nada melhor do que conhecer um pouco do gosto musical da que seria a minha pornstar favorita (e aposto que de muita gente também), Asa Akira.

Por que gosto tanto da Asa? Bem, além dela ser linda e ter um corpo fenomenal, Asa possui um senso de humor único, bem ácido e irônico (quem segue ela no twitter sabe muito bem disso). Além disso, ela acabou de escrever um livro que está em fase de pré-lançamento e parece ser bem interessante. E, além disso tudo, ela gosta muito de sexo anal.

Bom, navegando por ai, achei uma entrevista onde Asa abre um pouco para os seus fãs uma parte da intimidade dela (já que a outra todos conhecem muito bem). Vou transcrever a entrevista, mas para quem quiser, a original – em inglês – pode ser vista aqui.

Que tipo de música você gosta? Quais são suas bandas favoritas?
Eu gosto muito de música boa, tipo hip hop underground e hip hop antigo, mas eu também curto música ruim, como Britney Spears e Justin Bieber. Eu praticamente escuto os mesmos artistas desde a escola: Biggie, Big L, Jay-Z, Atmosphere, Cage, Necro, Eminem, Fugees, Pharcyde, Nas. Alguns novos músicos que eu gosto são, por exemplo, Kendrick Lamar e o Hopsin.

O que você escuta para te animar quando você está se preparando para uma cena?
Eu não diria que me anima, mas Wicked Games, do The Weeknd é uma música tão sexy! Quando faço striptease em cena, eu sempre, sempre escuto essa música.

Outra música que me deixa animada, não importa o quão cansada eu esteja me sentindo é Your Fucking Head Split, do Necro. Essa me faz parecer que estou usando coisas bem doidas, mas não estou. Só se você achar que dupla penetração anal é uma coisa bem doida.

Quais músicas são boas para transar?
Eu quase não transo escutando música. Mas uma vez, um cara me fodeu bem forte, estilo “prisão” enquanto Adele tocava ao fundo. Foi super romântico.

Qual dica você daria sobre sair/transar com músicos?
Eu acho que nunca transei com nenhum músico. Um cara tocou guitarra e cantou para mim depois que a gente transou. Foi super estranho, e tudo o que eu conseguia pensar foi que tipo de expressão facial  eu deveria estar fazendo.

Você é hilária no Twitter. Quais são as pessoas que você mais gosta de seguir?
Obrigada! Minha pessoa favorita no twitter é provavelmente @keishacakesxxx, que é um fake BBW (Big Beautiful Woman, assunto pornô para garotas gordas). A conta é fake, mas quem está por trás dela é alguém do pornô. Quem? Ninguém sabe. É um segredo já por 3 a 4 anos. Estou determinada em saber quem é. Tudo o que eu sei dela é que ela é de gêmeos.

Se você pudesse transar com um músico, quem seria e por quê?
Taylor Swift. Entretanto, não só transar. Eu iria fazer a corte, dar em cima dela, criar um romance. Eu faria ela se apaixonar por mim. E então, eu cagaria todo o coração dela, para que ela escrevesse uma música sobre mim, e ai eu ficaria super famosa e os meus filmes pornô iriam vender que nem água, ficariam super famosos. Tipo os filmes pornô da Kim Kardashian e da Paris Hilton.

Você gosta muito de brincadeiras anais. Qual foi a coisa mais doida que você já colocou na sua bunda?
Eu não diria que amo brincar com a minha bunda. Eu amo sexo anal. Existe uma diferença, brincar é explorar o ânus usando brinquedos, mexendo com ele até ele arregaçar, machucar, etc. Sexo anal é um pênis no ânus. Resumindo, eu simplesmente amo pau. Explicado e dito isso, a coisa mais doida que eu já enfiei e tive no meu cu foi uma bolinha antistress chinesa.

Por último, qual foi a coisa mais engraçada (ou estranha) que já aconteceu com você em um set?
Uma vez eu estava trepando com um cara perto de um narguilé e ele acabou chegando perto demais, pegando fogo e se queimando. Eu acho que isso não é engraçado…quer dizer, vamos admitir que, de uma forma ou de outra, é sim.

Powered by WPeMatico

Manifesto Pela Legalização Do Pornô

É segunda-feira – um dia insuportável por natureza. O trabalho foi pesado – aquela história de fornecedor que não entende o briefing, de cliente cobrando e de chefe mal-humorado, sabe? O ônibus quebrou na hora de voltar pra casa – para desmanchar a sua singela alegria de, pela primeira vez no mês, ter conseguido um lugarzinho modesto para sentar no horário de rush. Chegando em casa, você descobriu que a máquina de lavar entupiu, e a casa inteira jazia debaixo d’água. Como se desgraça pouca fosse bobagem, na hora de tomar o tão merecido banho, adivinha? – isso mesmo, resistência queimada.

O primeiro impulso é querer hibernar e só acordar na próxima estação do ano. Ou gritar “para o mundo, que eu quero descer”, na esperança de que o maquinista do planeta Terra seja solidário ao seu sofrimento. E é então que você se lembra de que, para o bem ou para o mal, a internet está aí – muito estresse ou muita diversão a apenas um clique. E fazendo jus à máxima que diz que uma boa punheta salva vidas [se você também é adepto dessa política, não deixe de assistir ao vídeo no final deste post], você escolhe aquele pornozinho para se inspirar e – pronto – em questão de alguns minutos, todo aquele nervoso já se foi gozada abaixo.

É claro que se masturbar assistindo a um pornô não substitui as glórias de um bom sexo – afinal, nada é mais gostoso do que gozar acompanhado(a) e sentir cada milímetro do corpo dela (ou dele) vibrando por nossa causa. E é exatamente por isso que já passou da hora do mundo entender: a pornografia nunca foi, não é e jamais será inimiga do seu relacionamento. Muito pelo contrário – um bom pornô, além de relaxar, pode até servir como inspiração e fonte de aprendizado e de novas ideias. Por que não experimentar aquela posição que o casal fazia naquele vídeo que você viu ontem? Por que não tirar de lá umas ideias para apimentar as preliminares? E dizemos mais: por que não convidar a(o) sua(seu) parceira(o) para assistir àquele pornô com você? Esse é o tipo de brincadeira que não tem como não terminar com suspiros, suores, tremedeiras e muitos sorrisos.

Acontece que todo cuidado é pouco na hora de assistir a um pornô – afinal, vírus, spams e chefes curiosos estão sempre por aí. Por isso, a nossa dica é o Sexy Hot, que tá de site novo – e ainda mais preocupado com a qualidade do conteúdo e com a sua segurança na rede. Visual mais discreto, maior facilidade na navegação, e mais interatividade, privacidade e conforto. A partir de agora, você consegue filtrar as buscas por pornstars, duração e categoria. Dá pra classificar os filmes de acordo com a sua opinião e – o melhor de tudo – disfarçar caso seu chefe, sua avó ou sua mulher ciumenta chegue. Basta acionar o botão antiflagra, que redireciona você para algum outro site que você tenha cadastrado previamente.

Para anunciar todas essas novidades da melhor maneira possível, o Sexy Hot chamou a pornstarnacional Fabiane Thompson, que, em uma campanha pra lá de sensual e bem humorada, mostra as vantagens do Sexy Hot frente aos demais portais de conteúdo adulto. Quer ficar com aquela água na boca? Assista aos vídeos da campanha. Quer ver vídeos exclusivos e de qualidade num portal que preze pela privacidade e pela segurança do usuário? Assine o Sexy Hot.

Powered by WPeMatico