Cruzeiro Para Casais Liberais

Cruzeiro Para Casais Liberais

Há vários tipos de viagens. As destinadas aos aventureiros, as ideais para quem procura calmaria, as indicadas para quem gosta de paquerar e até mesmo para quem quer fazer troca de casais, também conhecido como swing. A prática não é tão comum no Brasil quanto fora do País, mas cada vez ganha mais seguidores. Os pacotes podem incluir festas privadas, hotéis fechados com liberdade para o nudismo e espaços para interação dos casais em ambientes coletivos.

Cruzeiro Para Casais
Cruzeiro Para Casais

Desmistificando lendas

Ao contrário do que muita gente pode pensar, um cruzeiro para casais liberais não quer dizer que os casais façam sexo o tempo todo e em toda parte do navio. Embora a paquera seja encorajada e o nudismo seja, por vezes, permitido, o sexo só pode ser feito nas cabines ou no chamado “playroom”. No playroom, as camas são colocadas separadamente no mesmo salão, mas permitem a troca de casais e também o sexo grupal e o exibicionismo, dependendo do que você queira fazer.

Os participantes

Cruzeiro Para Casais
Cruzeiro Para Casais

Para quem acha que só tarados participam desse tipo de cruzeiro, a verdade não poderia estar mais longe. Os participantes desse cruzeiro são pessoas que têm uma boa condição financeira, alto nível de escolaridade e que sabem respeitar as regras. Homens solteiros não são permitidos e mulheres solteiras podem ser liberadas se estiverem acompanhando algum casal.

A propósito, os casais são cuidadosamente selecionados. Paulo Macedo, dono da Casal Tour, uma agência pioneira no Brasil nesse tipo de turismo, disse em entrevista à revista Época que os casais são selecionados através de várias conversas, indicações de outros casais, tudo isso antes de eles se tornarem clientes efetivos.

Casa de Swing x Cruzeiro Liberal

Paulo afirma que uma das diferenças para o sucesso do cruzeiro para casais liberais está no fato de que em um cruzeiro as pessoas t

Cruzeiro Para Casais
Cruzeiro Para Casais

êm a chance de se conhecerem, o que aumenta a naturalidade da troca dos casais. Enquanto em uma casa de swing as coisas acontecem de forma rápida, em um cruzeiro os casais têm tempo de se acostumarem com a ideia, de se conhecerem, enquanto fazem algo agradável.

 

O que rola nesse tipo de cruzeiro

Além do playroom e do fato do nudismo poder ser encorajado, o resto dos eventos do cruzeiro é algo bem comum. Há festas temáticas, jantares, piscina. Não há nada de bizarro e muitos casais vão apenas para olhar, por uma simples curiosidade, o que também não há problema algum, já que ninguém é obrigado a nada.

Cruzeiro Para Casais
Cruzeiro Para Casais

Regras

Um cruzeiro para casais liberais tem regras bem definidas, todas visando o maior conforto e privacidade dos viajantes. O nudismo não pode acontecer em qualquer parte do navio e também determinadas roupas não são aceitas em qualquer parte do navio. Drogas são terminantemente proibidas e pessoas alcoolizadas que estejam perturbando a ordem são escoltadas até a cabine, só podendo sair de lá depois de sóbrias.

Os cruzeiros para casais liberais não se responsabilizam por sua proteção na hora do sexo, portanto, leve suas próprias camisinhas. As fotos só podem ser feitas com o consentimento das pessoas e não podem ser divulgadas na internet.

Se você está preocupado quanto aos funcionários, saiba que estes não podem circular nas áreas onde o sexo é permitido, e o sexo entre funcionários e clientes está terminantemente proibido.

A idade mínima para participar dos cruzeiros é 21 anos. No mais, as regras para a troca de casal são as mesmas: “não” significa “não”. O desrespeito às regras gera diferentes penalidades, sendo a maior dela a expulsão do clube e também do navio.

 

Cruzeiro Para Casais
Cruzeiro Para Casais

Destinos

Há várias possibilidades para destinos, como Cancún, Caribe, Mediterrâneo, Camboriú. Outras opções alternativas aos cruzeiros liberais são as viagens para pousadas em praias de nudismo, resorts para casais liberais, entre outros.

O cruzeiro para casais liberais é para você?

 

Paulo disse que já viu muito barraco entre casais. De acordo com ele, para encarar o swing, apenas casais bem resolvidos e felizes têm o suporte emocional necessário. É necessário que o casal esteja bem, que o casal converse e que tenha um bom relacionamento diariamente. Do contrário, sua parceira pode receber o carinho e atenção de outra pessoa no navio, e aí você passa a ser visto como uma má opção.

Para Paulo, o swing ou o cruzeiro para casais liberais deve ser apenas um tempero a mais no relacionamento, e não uma forma para salvar o relacionamento ou para mascarar algum problema. Porém, Paulo garante que para um casal preparado e de bem com a vida, o cruzeiro para casais liberais é uma experiência inesquecível.

 


http://swingcertificado.com.br