Sabrina Petrarca no Bella da Semana

Sabrina Petrarca
Ela já participou do programa Pânico na Band, apresentou na Rede TV, trabalhou como ring girl e tem um reality próprio no Multishow. Agora, a mineira Sabrina Petrarca é a protagonista do mais novo ensaio fotográfico do Bella da Semana. Para surpreender os fãs, a modelo e apresentadora foi além de simplesmente fazer poses para as fotos. ‘Tentei transmitir através das fotos um pouquinho da minha verdade, atuei em alguns looks mais ousados, criei historinhas e personagens para compor as cenas, coloquei movimentos de pilates, exercício que pratico diariamente e pelo qual sou apaixonada.’ O resultado disso tudo você pode ver agora! Clique para entrar no fantástico mundo de Sabrina…

05
04
03
02
01
06
07
08
Sabrina Petrarca
10

CLIQUE AQUI E ACESSE TODAS AS FOTOS

Read More

Por que os homens querem sexo de manhã e as mulheres à noite?

Por que raios os homens querem fazer sexo de manhã enquanto elas só querem voltar a dormir? E por que, à noite, quando as mulheres estão no clima, o homem está roncando na cama? Tudo se resume aos hormônios. Aqui vai uma explicação sobre como funciona o relógio sexual de um homem e de uma mulher, segundo o tabloide britânico The Mirror.

5 horas da manhã
Mesmo antes de um homem abrir os olhos de manhã, seu nível de testosterona, principal hormônio do desejo sexual, está no pico — de 25 a 50% a mais que em qualquer outra hora do dia. Isso porque a glândula pituitária em seu cérebro — que regula a produção do hormônio sexual masculino — foi ligada durante a noite e os níveis continuaram aumentando até o amanhecer. As mulheres também produzem testosterona, mas o hormônio só aumenta um pouco durante a noite, além de ser mantido em equilíbrio pelo estrogênio e progesterona.
“Os homens precisam de uma quantidade normal de testosterona para desejarem sexo”, diz a professora de neuroendocrinologia do Hospital de St Bartholomew, em Londres, Ashley Grossman. “Os níveis elevados durante a manhã significam que a maioria dos homens irá acordar de duas a três vezes na semana com ereções”.

6 horas da manhã
Dormiu bem? Uma boa noite de sono é outro motivo para um homem acordar ainda mais amoroso pela manhã. Estudos descobriram que quanto mais duradouro e profundo for o sono do homem, maiores serão seus níveis de testosterona. Uma pesquisa publicada no Journal of the American Medical Association mostra que ter mais de cinco horas de sono pode aumentar em 15% os níveis de testosterona no corpo do homem.

7 horas da manhã
Enquanto os níveis de hormônio do sexo atingem o pico no homem logo pela manhã, os da mulher estão no ponto mais baixo. “Os níveis de testosterona do homem e da mulher atingem o pico em horários completamente diferentes do dia, então eles ficam fora de sintonia”, revela Gabrielle Downey, ginecologista do Sandwell and West Birmingham Hospitals NHS Trust. “É preciso mais que hormônios para excitar uma mulher, por isso, o homem precisa fazer um esforço”.

Além disso, os hormônios da mulher aumentam e diminuem mais durante o ciclo menstrual do que durante o curso de um dia. No seu auge — no meio do ciclo — os níveis de testosterona de uma mulher são 30 vezes maiores que no início.

8 horas da manhã
Se preparando para outro dia de trabalho? Como ambos os sexos se preparam para ir trabalhar, os níveis de cortisol — hormônio do stress — aumentam para ajudá-los a se levantar — e ajudar a amortecer os efeitos dos hormônios sexuais. Após esse aumento inicial, se o corpo continuar produzindo muito cortisol em resposta a acontecimentos estressantes durante o dia, isso pode reduzir o desejo sexual tanto no homem quanto na mulher.

9 horas da manhã
Conforme o dia vai passando, o homem continua produzindo testosterona em seus testículos. O hormônio também é necessário para estimular o crescimento muscular e a produção de espermatozóides. Embora a maioria dos homens não saiba, os níveis de testosterona despencam e sobem a cada 90 minutos durante o dia, como parte do relógio biológico do corpo. Segundo um estudo da Universidade de Michigan, nos EUA, quanto mais testosterona o homem tiver, mais atraída uma mulher ficará por ele.

1 hora da tarde
Quando um homem atraente passa em frente a uma mulher, ela não fica tão excitada como quando um homem se depara com uma mulher bonita. Porém, estudos descobriram que os níveis de testosterona de uma mulher aumentam antes de ela ter relação sexual com seu próprio parceiro.

Uma pesquisa da Universidade do Texas coletou cinco amostras de saliva de mulheres que tinham relacionamentos a longa distância. Os testes foram feitos duas semanas antes de elas se encontrarem com seus parceiros, um dia antes do encontro, antes do sexo, um dia depois do sexo e três dias depois da relação sexual. Os níveis de testosterona da mulher atingiram o pico um dia antes de elas encontrarem seus parceiros.

6 horas da tarde
No final da tarde, os níveis de testosterona do homem começam a cair enquanto os dos hormônios sexuais da mulher aumentam gradualmente, embora muito mais devagar. No entanto, uma sessão de academia depois do trabalho pode aumentar a libido de ambos os sexos. Estudos mostram que os níveis de testosterona no homem aumentam de forma significativa após exercícios intensos de 30 a 40 minutos. Segundo a Universidade da Califórnia, homens que se exercitam podem ter até 30% mais sexo e 26% mais orgasmos. Além disso, os níveis de hormônio sexual também sobem nas mulheres após o exercício físico.

7 horas da noite
Hora de relaxar. Um estudo japonês da Universidade de Nara descobriu que música — incluindo música pop, jazz ou apenas uma compilação de sons favoritos — aumenta o nível de testosterona de forma significativa na mulher, mas tem o efeito contrário no homem. Pesquisadores acreditam que isso acontece porque a música deixa as mulheres mais relaxadas, ligadas e sexuais, enquanto no homem ela acalma sua agressividade e, por sua vez, reduz seus níveis de hormônio sexual.

8 horas da noite
Se um jogo importante está passando na TV, isso já é motivo para alterar os níveis de testosterona do homem — dependendo do resultado. De acordo com um estudo da Universidade de Utah feito através de amostras de saliva, fanáticos por esporte assistiram um jogo da Copa Mundial e aumentaram os níveis de hormônio em cerca de 20% quando seus times ganharam.

Por outro lado, quando o time perde o jogo, há uma queda de 20% nos níveis no corpo masculino. Já as mulheres se afetam mais quando estão participando do jogo, e não apenas assistindo. Um estudo feito com mulheres atletas descobriu que seus níveis de testosterona subiram consideravelmente após corridas longas.

9 horas da noite
Nesse horário, os níveis de testosterona do homem caem para o ponto mais baixo do dia, enquanto a mulher está chegando em seu pico. Quanto mais atraente uma mulher se sente, maior será sua vontade de ficar entre os lençóis com seu parceiro. “O desejo sexual na mulher não é uma história tão simples”, explica a ginecologista. “No caso do homem tem mais a ver com testosterona. Para a mulher, o fator que mais influencia seu desejo sexual é a imagem corporal e quão atraente ela se sente”. Isso significa que se uma mulher não se acha atraente, ela provavelmente não vai buscar tanto por sexo.

10 horas da noite
Apesar de os níveis de testosterona dos homens estarem em seu ponto mais baixo, eles ainda têm mais probabilidade de transar à noite do que as mulheres. Há quem diga por aí que a mulher precisa de um motivo para transar, enquanto o homem só precisa de uma oportunidade. Você concorda?

11 horas da noite
Durante o orgasmo, o hormônio da empatia — oxitocina — é liberado, o que ajuda a aproximar os casais. Nos homens, tal hormônio ajuda a contrair a próstata e as glândulas seminais. Nas mulheres, ele ajuda a desencadear contrações uterinas que movem os espermatozóides para os ovários.

A liberação de oxitocina após o sexo também explica por que os homens são conhecidos por caírem no sono logo após a transa. “Na mulher, a oxitocina é conhecida como o hormônio do aleitamento materno e contrações musculares”, informa Gabrielle. “Mas, nos homens, o impulso extra da oxitocina também funciona como um neurotransmissor no cérebro e pode promover o sono”.

Por Danilo Barba | Sexo Oposto

Read More

Qual o problema em homens gostarem demais de mulheres?

Praticando meu exercício diário que é ler coisas relacionadas a sexo na internet: achei esse post muito bem escrito, por sinal Nem machista, nem para machão! Apenas para homens, para homens que como eu, gosta muito de mulheres. A autoria é de Ivan Martins, para a Revista Época.

Fiquem à vontade!

Virou moda falar mal dos homens que têm muitas parceiras. Num mundo em que a opinião das mulheres é cada vez mais importante, o sujeito comedor, galinha, cafajeste e sem vergonha tornou-se uma espécie de inimigo público número 1. É o tipo de homem que as mulheres não desejam para a sua amiga, odiariam ver ao lado da filha, mas, quem sabe, talvez ficasse bem no sofá da sua própria sala, ou naquela mesa firme da cozinha… Mas, bem, eu estou me adiantando.

O que eu queria dizer, primeiro, é que esse julgamento severo contra os sedutores esconde moralismo raso e uma forma utilitária de ver o mundo.

Qual o problema com o sujeito que se relaciona com várias mulheres e não se fixa em nenhuma delas? Não existe lei ou código de ética que obrigue o sujeito a namorar, casar e montar família se ele não se sente inclinado a isso. É uma questão de estilo de vida e de escolha pessoal. Há quem goste de viver acasalado, há quem goste de ser livre. Isso não deveria ser material de debate ou julgamento. É um direito elementar.

Mas a recusa masculina em se domesticar, sobretudo se parte de homens atraentes, desperta reações emocionais violentas. Coletivamente, a solteirice deles é vista como um desperdício social e genético. Como um cara desses se recusa a ser o meu príncipe encantado? Pessoalmente, algumas mulheres ficam ofendidas porque o sujeito seduz e envolve, mas não se deixa envolver e seduzir na mesma proporção. A recusa dele magoa e faz sofrer as mulheres que ele conquista – e isso tornaria o sedutor uma espécie de criminoso emocional. No mínimo, um predador de moças incautas. Será?

Mesmo com boa vontade em relação às mulheres, não consigo vê-las como vítimas nessa situação.

Obviamente, o sujeito que transa com todas as mulheres conta com a cumplicidade delas. Um galinha só consegue ser galinha porque muitas mulheres gostam dele. Elas disputam a sua companhia e lhe abrem a porta da sua intimidade. Em qualquer grupo de amigos ou local de trabalho, todo mundo sabe quem é o cara que pega todas as garotas. Se ele continua pegando é porque elas gostam – então é o caso de assumir a responsabilidade moral por isso, em vez de jogar a culpa no sujeito. O século XXI não é o das coitadinhas.

Aqui começa a segunda coisa que eu gostaria de dizer: os caras que seduzem as mulheres não são todos iguais. Há pelo menos dois tipos básicos, que têm pouco em comum entre si, mas costumam ser injustamente confundidos.

O primeiro, que as mulheres realmente desprezam, é o carente. Ele pode ser bonito e bom de conversa, mas é, fundamentalmente, um cara que precisa patologicamente de atenção. Sexo com ele é secundário e, segundo eu ouço, de segunda linha. O carente corre atrás das mulheres porque não se aguenta sozinho por cinco minutos, não porque goste especialmente delas. Se você deixá-lo no restaurante, vai xavecar a garçonete. Se você for ao banheiro, ele vai dar em cima da sua mulher. O cara é compulsivo, um bebezão desamparado que estica os braços para toda mulher bonita que passa. Diz e faz o que for necessário para ganhar um colinho, depois tchau.

Esse tipo de sujeito, na verdade, não presta muita atenção na mulher dele. Não por muito tempo, ao menos. Ele está preocupado demais consigo mesmo e com a próxima mulher da vida dele, que acabou de passar pela porta. Por isso a fila anda tão rápido. Ele precisa renovar seus objetos de afeto para manter o interesse. E as mulheres também não o aguentam por muito tempo. Na intimidade, esse tipo de cara parece ser um saco de problemas, que elas logo se cansam de carregar. Ou não… Conheço mulheres que ficaram apegadas por longo tempo, sofrendo como personagem de novela. Voluntariamente.

Esse Dom Juan infantil e compulsivo pouco tem a ver com o segundo tipo de sedutor, os caras que gostam muito das mulheres. Esses são minoria em relação aos carentes e herdam parte da má reputação que eles constroem. Mas não deveria ser assim. Como qualquer mulher que já se envolveu com um deles pode atestar, o cara que gosta muito das mulheres costuma ser uma excelente experiência, por várias razões.

A mulher é a prioridade dele. Enquanto os outros homens se distraem com trabalho, futebol e leitura, esse sujeito investe o tempo e a admiração dele no sexo oposto. Liga, frequenta, cultiva. Tem energia para sair de noite, para esticar a conversa, para transar quando os outros já estão dormindo. Ele mantém o foco. Não há risco de que fique no sofá, vidrado na TV, enquanto a gatinha espera na cama de camiseta e calcinha. Nem vai acontecer daquele fim de semana passar em branco porque ele está exausto. O cara gosta demais do corpo, do jeito e do cheiro da mulher para permitir que ela se entedie. Para ele, cada momento de intimidade com ela é uma festa.

Esse tipo de sedutor tem sucesso entre as mulheres porque é autêntico. Ele não finge sentimentos que não tem nem faz promessas que não está disposto a cumprir. Joga limpo e entrega a mercadoria que promete: muita atenção, sexo intenso e, quem sabe, um bom romance.

Por não ser um patológico, ele às vezes se envolve, mas não é fácil mantê-lo por perto na exclusividade. Há muitas mulheres irresistíveis no mundo para quem gosta tanto delas. Há muitas mulheres dando mole para os homens que sabem fazê-las felizes. Eles são concorridos. Mesmo assim, o homem que gosta muito das mulheres se apaixona. Ao contrário do carente, que não sustenta nada emocionalmente, ele fica, participa, constrói. Ainda que não dure para sempre, como quase nada dura. Se durasse para sempre, aliás, talvez ele deixasse de ser o homem que gosta demais das mulheres e se tornasse apenas um marido, com tudo de bom e mau que isso implica.

Logo, eu pediria às mulheres que tirassem esse tipo de sedutor da lista de procurados pela Polícia Federal. Eles são do bem. Podem quebrar um coração ou outro ao longo do caminho, mas quem nunca fez isso? Na conta geral, distribuem muito mais satisfação do que provocam sofrimento. Eles ajudam marcar na régua a intensidade a que pode chegar uma relação. Eles ficam na memória como coisa boa. Eles proporcionam, com todos os seus problemas, um tipo de relação que todo mundo deveria ter algum dia na vida: sem futuro, mas com um presente inesquecível.

Read More

Você no Blog Sexy Hot – A esposa infiel e o amigo chantagista 5ª parte

Se você perdeu ou ainda não viu e quer acompanhar, só clicar para ler a parte 1, parte 2 , parte 3 e parte 4 dessa história fantástica!

 

Dias depois, Jussara encontrou com Vicente lhe avisando que Alberto daria uma festa para algumas pessoas na casa dele e disse que a levaria.

- Será uma festa bem íntima, com poucas pessoas, ou seja, alguns casais e amigos de Alberto. E disse que irei com você! – Disse Vicente.

- Não acha que isso está indo longe demais? – Perguntou Jussara.

- Está apenas começando! – Falou ele.

Os dois combinaram de se encontrar em outro bairro e lá pegariam um táxi.

Assim fizeram.

Mas uma vez, Carlos nada falou com a esposa. Era só lhe pedir algo, que ele dizia amém.

Vicente pediu que usasse a máscara, pois não queria correr o risco se por alguma desventura tivesse alguém que a conhecesse.

Ao chegarem à casa de Alberto, Jussara achou bem aconchegante. E no ambiente por de trás da casa havia uma piscina onde ele recebia os amigos.

Alguns convidados já presentes e tudo exalava um clima de luxúria e perversão. Mas a noite estava apenas no início.

Alberto como não era casado fazia com perfeição as honras da casa e aguardava outras pessoas chegarem para dar conotação a sua grande e lasciva festa.

Passou algum tempo, e todos interagiam entre si.

Porém, Jussara conversava com os demais, acompanhada de Vicente que fazia questão de estar sempre ao seu lado.

Finalmente as pessoas que Alberto esperava chegaram. Inclusive os amigos que estavam na noite com ele na boate quando se encontraram.

Soube que seriam os mesmos devido à apresentação e também o comentário de Alberto.

Jorge e Rafael pareciam meio tímidos perante as outras pessoas que estavam bem focalizadas naquilo que desejam aquela noite.

Sobre a mesa de frios, também se encontrava um recipiente com vários sabores de camisinhas, fora os instrumentos como dildos, vibradores e dispositivos anais.

A bebida rolava à vontade e todos se beijavam…

Uns já despidos faziam sexo oral em outros, sendo homem com mulher, mulher com dois homens… Com três, homem com homem, ali todo mundo se desejava. Todos eram de todo mundo e ninguém era de ninguém. Isso é se lhes bastasse!

A princípio Jussara ficou observando para ver qual seria a reação de Vicente.

Ele estava intrigado com um dos convidados do amigo, e suspeitava ser alguém conhecido. Mesmo a pessoa impostando a voz e procurando lhe evitar. Nunca se enganara antes assim. E participando desse mundo de casas e boates de swing, ser um bom observador era tudo!

Alberto era o rei da festa, já que a casa não comportava uma rainha, ele dava a atenção de todas as maneiras a cada um de seus convidados. Principalmente aquele com quem Vicente era cismado.

Jussara compreendia ou começava a entender aquele ritmo de vida, sexo por sexo, homens sentindo prazer ao verem suas esposas transando com outros homens, e com outras mulheres. E sentia que esta troca de prazer era mútua sem nenhuma cobrança adicional. E que quando saia dali suas vidas eram normais diante daqueles que vivem na monogamia.

Mesmo com vários parceiros a disposição, o clima rolou com mais cumplicidade entre Vicente e Jussara e outro casal presente, que se apresentaram como Casal Delícia.

Era comum neste lado “b” da vida do casal, não falarem os seus respectivos nomes. E o que importava também?

A química entre os dois casais era perfeita, no início Vicente e seu companheiro observam as mulheres interagindo entre si, sobre o sofá em um canto da sala, fazendo uso de alguns instrumentos. As cenas que presenciavam faziam com que aumentasse mais a libido de quem assistia. E não eram somente os dois.

Wall como era chamada Jussara quando estava nessas festas, tinha o rabinho acariciado pela Delícia. Ela fazia caras e bocas… E assim as duas se revezavam em suas carícias ou faziam mutuamente.

Apesar do pouco tempo, já se acostumara ser uma exibicionista e era o que todos os presentes ali desejavam: homens e mulheres exibicionistas mostrando-se sem máscaras no ato sexual mesmo acobertando os seus rostos.

Vicente e o Delícia se punhetavam para aquecerem mais o clima de tesão, quando resolveram entrar nessa mesma brincadeira, invertendo os casais e enterrando em suas mulheres os dispositivos.

A luxúria estava espalhada pela casa e os vizinhos nem sonhariam em imaginar o que poderia estar acontecendo com o som ligado em um volume aceitável, senão ouviriam gritos e gemidos oriundos de prazer e gozo vindo daquela direção.

Vicente assistia Jussara e a Delícia chupando o pau do então amigo, depois as duas se colaram entre os dois e intercalavam as suas lambidas servindo aqueles homens e ao mesmo tempo as duas se tocavam penetrando os dedos ágeis uma na outra, com gemidos uníssonos.

As duas se acomodaram ajoelhadas sobre o sofá…

- Vem… Fode os nossos cuzinhos… – Pedia Jussara.

- Isso! Mete com força… Arregaça-os… – Complementou a Delícia.

Diante de pedidos tão intempestivos, Vicente e seu companheiro de foda não tiveram alternativa: meterem com força no cuzinho de suas mulheres deliciosas.

Pareciam que os casais já haviam saído antes, devido o entrosamento dos quatro.

A Delícia fincou seu cuzinho no mastro do marido e enquanto isso, Jussara chupava outra vez Vicente que estava mais do que em riste, ela de quatro Vicente se meteu por trás metendo de uma só vez em sua buceta vermelha e inchada de tesão louca para ser invadida.

Jussara rebolava gostoso e tinha os seios sugados pela colega. O tesão ia ao ápice com força total e gritando gozou  com a rola de Vicente enterrada em si.

Com Jussara desfalecida pelo gozo, Vicente não perdeu tempo e se encaixou na buceta de Delícia realizando uma DP, enquanto Jussara sugava os seios dela e a beijava.

Permaneceram algum tempo assim, até que os homens a colocaram de joelhos e saciaram a sua fome de leite, derramando sobre elas seus líquidos densos e quentes.

O sexo e o prazer eram intercalados com grandes goles de bebidas.

A noite estava apenas começando e teriam outros casais para provarem e saciarem…

 

E, claro, todos os créditos a escritora, Fabby Lima!

Beijinhos,

Read More

Casal casalpgfeliz


Buscamos mulheres ou casais para bi feminino sem troca, casais que saibam respe – Buscamos mulheres ou casais para bi feminino sem troca,
casais que saibam respeitar os limites do outro, mulheres solterias ou casadas são bem vindas, brincadeira somente entre elas, ele somente observa,
participa se convidado, damos preferencia para mulheres ou casais casados de nossa cidade e Curitiba e ou cidades proximas de Ponta Grossa, homens sós nem pensar casais montados estamos fora, não aceitamos drogas, bebidas em excesso, procuramos pessoas higienicas, sigilosas e não obesas,

Read More